O que é IBC-BR?

O Brasil possui diversos indicadores para o acompanhamento de seu crescimento econômico. Um deles é o IBC-BR, abreviação empregada para o Índice de Atividade Econômica do Brasil.

O intuito desse índice é medir o crescimento econômico do país e gerar uma ferramenta adicional ao Banco Central, justamente o responsável pelo seu cálculo recorrente, para tomada de decisão sobre a política monetária e da taxa básica de juros (Taxa Selic).

Um ponto interessante do indicador é que, originalmente, ele foi criado para observar individualmente as regiões brasileiras de modo isolado. Apenas em 2010 que ele passou a ser utilizado como uma medida nacional, englobando diversas indústrias e estados.

Vale observar que o IBC-BR não é um resultado oficial, ao contrário do PIB. Ou seja, ele é muito empregado para uma projeção de crescimento utilizando diversos fatores, como veremos ao longo do artigo, que permitam aos gestores uma perspectiva sobre o cenário econômico nacional.

Como Investir nos Melhores Fundos

Como funciona o IBC-BR?

O IBC-BR é calculado e projetado pelo BACEN. Trata-se de uma medida sobre a perspectiva do crescimento econômico do Brasil, considerando a totalidade das indústrias.

O objetivo aqui é monitorar a atividade econômica e traçar uma perspectiva para o crescimento do país, algo que pode se refletir no PIB, que será o resultado oficial. No entanto, não é uma regra de que a tendência vai se confirmar.

Com base no resultado obtido no IBC-BR, o Banco Central também pode tomar decisões em relação aos seus objetivos com a política monetária de forma mais embasada e técnica.

Qual é a importância do IBC-BR?

Embora seja uma métrica menos falada no noticiário do que o PIB, o IBC-BR é um indicador muito importante, em especial nesta questão já abordada de ferramenta da política monetária.

Vale destacar, neste sentido, que o Banco Central não pode ficar apenas aguardando os resultados do PIB para tomar suas decisões. O controle da inflação exige atuação ativa da entidade antes que seja tarde demais e os resultados se agravem.

Além disso, o IBC-BR ajuda a entender como está se comportando o crescimento nacional e comparar com uma projeção inicial. Assim, pode analisar se o desempenho está acima ou abaixo do esperado.

Por fim, é uma métrica ainda mais importante em períodos de volatilidade do mercado financeiro. Como destacamos, ele pode se diferenciar do PIB no curto prazo sendo um instrumento de apoio essencial em situações de incerteza.

Qual é a diferença entre o IBC-BR e o PIB?

Ao longo do texto, sinalizamos algumas vezes que o IBC-BR e o PIB, embora similares, apresentam algumas diferenças em suas metodologias e, desta forma, os resultados podem ser diferentes. Chegou a hora de entender o porquê disso.

Abaixo, listamos os principais pontos que diferenciam essas ferramentas de medição da atividade econômica brasileira. São eles:

Portanto, podemos dizer que o IBC-BR é uma forma de monitorar o crescimento da atividade econômica brasileira de maneira simplificada, mas não é certo chamar a ferramenta de "prévia do PIB", como muitos fazem. São, afinal, indicadores diferentes com finalidades, embora semelhantes, distintas.

Termo do dia

Liquidez

O que é liquidez? A liquidez é uma medida utilizada para determinar a facilidade e a velocidade com que o investidor consegue se desfazer de um…

Veja outros termos