O que é o FOMC?

FOMC é a sigla para Federal Open Market Committee, que em tradução livre pode ser descrito como Comitê Federal de Mercado Aberto. É uma comissão ligada ao Federal Reserve System (FED), responsável pela definição das medidas relacionadas à política monetária estadunidense.

Por diversas vezes, o FOMC é indicado como um semelhante ao que no Brasil denominamos Comitê de Política Monetária (o COPOM). Isso porque, reservados cada um ao seu país, ambos têm como função delimitar a taxa básica de juros (que por aqui é conhecida como taxa SELIC) e a taxa de redesconto, entre outros fatores capazes de alterar a quantidade de moeda em circulação e impactar a economia como um todo.

O FOMC é formado por 17 membros, sendo que apenas 12 deles são considerados aptos como votantes. Ele se reúne cerca de 8 vezes ao ano, movimentando interna e externamente a rotina administrativa do Federal Reserve.

Apenas à título de exemplo (pois trataremos mais a respeito desse assunto a seguir), saiba que ao menos três importantes relatórios são produzidos para o FOMC: o Beige Book, o Green Book e o Blue Book.

Descomplicando a Bolsa de Valores

Para que serve o FOMC?

Uma das funções principais do Fed (além de supervisionar a atividade bancária) é a definição das políticas monetárias.

As políticas monetárias são um conjunto de medidas tomadas pelos bancos centrais que visam interferir na oferta de dinheiro em circulação, de modo a influenciar questões como a inflação, crescimento econômico e a dinâmica de consumo. Juntamente com as políticas fiscais e cambiais, compõe o grupo de estratégias usadas pelo Estado para interferir diretamente na economia.

Uma política monetária pode ser expansionista ou contracionista. No primeiro caso, age-se para aumentar a quantidade de moeda em circulação. Já no segundo, visa-se exatamente o contrário: diminuir a oferta monetária.

Nos Estados Unidos, quem analisa o mercado econômico e define qual das duas estratégias é mais adequada naquele momento é o FOMC. Entre os tópicos estabelecidos nesse cenário estão:

Taxa básica de juros: é a taxa paga pelo governo para captar investimentos no mercado financeiro. As taxas cobradas pelos bancos comerciais dos seus devedores seguem a sua tendência - ou seja, conforme a taxa básica sobe ou cai, elas sobem ou caem também.

Taxa de redesconto: é a taxa cobrada pelo governo para emprestar dinheiro aos bancos comerciais.

Depósito compulsório: é o percentual dos depósitos dos bancos comerciais que precisa ser depositado no Banco Central em reserva financeiras.

Como o FOMC Meeting funciona?

Como você já sabe, o FOMC se une ao menos 8 vezes em cada ano.

Antes da reunião acontecer, cada filial do FED é encarregada da produção de relatórios específicos que fornecem aos membros do comitê um panorama correto e abrangente da economia estadunidense. São eles:

Com esses relatórios em mãos, cada um dos 17 componentes do comitê - ou seja, os 5 integrantes do Board of Governors e os 12 presidentes das unidades regionais do Fred - discutem a conjuntura econômica.

No momento de votar, no entanto, apenas 12 desses membros têm o poder de decidir pela adoção ou não de uma medida. Além daqueles que compõem o Board of Governors e do presidente do Federal Reserve of New York, que são votantes fixos, mais quatro são escolhidos de forma rotativa entre os que sobram.

Como Investir nos Melhores Fundos

Termo do dia

Lei Kandir

A Lei Kandir foi uma das iniciativas do legislativo para incentivar a exportação, porém, causou muita polêmica. Saiba mais!