O que são finanças corporativas?

Não é segredo para ninguém que a área financeira de um negócio é vital para a sua sobrevivência e manutenção das suas atividades. As finanças corporativas são, portanto, prioritárias para os gestores de uma empresa.

Pelo termo, você pode entender tudo que envolve o capital de uma organização. Isso vale tanto para sua composição societária (ou seja, a contribuição dos sócios para formação do seu patrimônio), como também para ferramentas de análise, indicadores e tomadas de decisão.

Em suma, portanto, as finanças corporativas são responsáveis por praticamente tudo que acontece dentro da área financeira de um negócio.


Quais são os principais objetivos das finanças corporativas?

 

Dentro da área das finanças corporativas, existem alguns objetivos. Um deles, claro, é a valorização do patrimônio empresarial por meio de lucros, resultados positivos ou investimentos. Ou, em outras palavras, a maximização do valor da empresa é o grande foco.

Além disso, é preciso ter um cuidado especial com o fluxo de caixa, mantendo-o sempre que possível no positivo. Isso inclui a gestão financeira completa, especialmente no que se refere a controlar despesas e riscos.

Por fim a área financeira de uma empresa, é um departamento que trabalha fortemente com análise de indicadores. Como as finanças corporativas apresentam o controle de diferentes áreas e ferramentas, fica muito mais fácil tomar decisões com essa visão completa.

Quais os tipos de decisões que passam pelas finanças corporativas?

Toda e qualquer movimentação financeira tem envolvimento com as finanças corporativas. É por isso, sendo a área financeira vital para o negócio, é tão importante manter um controle geral do capital do negócio.

A partir de demonstrativos financeiros como fluxo de caixa ou DRE (Demonstração de Resultado do Exercício), por exemplo, os gestores têm como tomar suas decisões na maneira com que o capital vai ser trabalhado.

Qual o grau de endividamento da empresa? Existem compromissos de curto prazo que devem ser honrados? É a hora de arriscar e investir em um novo projeto? As finanças de longo prazo estão sob controle?

São perguntas como essa que são facilmente respondidas pelas finanças corporativas e, a partir dessas informações, fica muito mais fácil realizar uma tomada de decisão.

Quais são os principais indicadores analisados pelas finanças corporativas?

Quando falamos sobre finanças, geralmente estamos falando sobre números. E, se o foco é a análise de números, nada mais justo do que usar indicadores que permitam o acompanhamento dos valores.

Assim, com um histórico acompanhado periodicamente, fica ainda mais rápido fazer a análise das finanças corporativas e, claro, tomar uma decisão correta pensando no futuro do negócio.

Abaixo, listamos alguns exemplos de indicadores empregados dentro das finanças corporativas.

 

Como Investir nos Melhores Fundos

Termo do dia

Backtest

O que é Backtest? Também chamado de backtesting, o backtest é um tipo de teste que se faz usando dados históricos relevantes, a fim de prever…