Open Nav Logo Mais Retorno

Alfa

O que é Alfa?

Alfa é oriundo da letra grega ?, sendo um termo usado nos investimentos para descrever a capacidade de uma estratégia de obter lucros no mercado. Muitas vezes, é utilizada para designar “excesso de retorno” ou “taxa de retorno anormal”.

Em suma, mede a capacidade ou a habilidade do gestor para gerar valor para um determinado fundo de investimento. Muito usada no mercado financeiro, com a finalidade de medida de desempenho, demonstrando quando uma estratégia, trader ou gerente de portfólio conseguiu ultrapassar o retorno de mercado em algum período específico.

Pode ser positivo ou negativo. No caso do Alfa positivo, significa que foi obtido um lucro extra. Por outro lado, quando surge o Alfa negativo, representa que o gestor não agregou qualquer valor ao fundo.

Por exemplo, quando um fundo de investimento em ações tem a expectativa de rendimento de 10% na sua carteira, mas de fato, gerou 15%, isso significa que a carteira gerou Alfa.

Alfa é usado em finanças para mensurar a performance, indicando uma estratégia, portfólio que foi criado para bater o retorno de mercado de um período.

É geralmente usado em conjunto com o Beta que mensura o mercado como um todo e sua volatilidade ou risco chamado de risco sistemático de mercado.


Como alfa é comumente usado?

É comumente usado para classificar fundos mútuos de ativos, bem como todos os outros tipos de investimento. Geralmente é representado como um único número (como +3 e -5).

Esses valores se referem a uma porcentagem que mede como a carteira ou o fundo realizam em comparação com o índice de referência referenciado, ou seja, 3% melhor e 5% pior.

O que acontece em uma análise mais detalhada?

Uma análise mais detalhada do alfa também pode incluir o alfa de Jensen que leva em consideração a teoria de mercado do modelo de precificação de ativos de capital, ou simplesmente CAPM (Capital Asset Pricing Model). Ele inclui um componente ajustado ao risco em seu cálculo.

O beta é usado no CAPM que calcula o retorno esperado de um ativo com base em seu próprio coeficiente beta específico e nos retornos esperados do mercado.

Alfa e beta são usados juntos por gerentes de investimento para calcular e analisar retornos.

Outros indicadores como Alfa

O Alfa é uma das 5 taxas técnicas de risco populares. Os outros são: beta, desvio padrão, R- quadrado e índice de Sharpe.

Essas são todas as medidas estatísticas usadas na teoria moderna de portfólio - MPT.

Todos esses indicadores visam ajudar os investidores a determinar um perfil de risco e retorno de um investimento.

Alfa nos fundos de investimentos ativos

Os Gestores ativos de carteira procuram gerar alfa em suas carteiras diversificadas, sendo essa diversificação destinada a eliminar o risco.

Como o alfa representa o desempenho de um portfólio em relação a um benchmark, muitas vezes ele é considerado como um valor que um gerente de portfólio adiciona ou subtrai do retorno de um fundo.

Em outras palavras, o alfa é o retorno de um investimento que não é resultado de um movimento geral no mercado como um todo.

Como tal, alfa de zero indicaria que o portfólio ou fundo está acompanhando perfeitamente o índice de referência. E também que não adicionou ou perdeu algum valor adicional em comparação com o mercado amplo.

Fundos ativos geram alfa?

As evidências mostram que as taxas dos gestores ativos de alcançar o alfa em fundos e carteiras no universo de investimento nem sempre são bem-sucedidas.

As estatísticas mostram que nos últimos 10 anos, 83% dos fundos ativos nos EUA não correspondem aos benchmark escolhidos. Essa é uma tendência relativa a muitas causas, dentre elas: o crescimento do conhecimento de conselheiros financeiros.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão