videos

Como o COE funciona? – Episódio 2

Como o COE funciona? – Episódio 2 Assista ao episódio 1 da nossa série sobre o COE. Você sabe como o COE funciona? Neste segundo vídeo…

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:13/05/2019 às 02:50 - Atualizado 5 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

Assista ao episódio 1 da nossa série sobre o COE.

Você sabe como o COE funciona?

Neste segundo vídeo da série Como Investir em COE, Felipe Medeiros, um dos fundadores aqui do Mais Retorno, conta tudo para você!

COE significa Certificado de Operações Estruturadas e quando você vê este termo, provavelmente imagina uma série de ramificações que sustentam algo maior, certo?

E é exatamente o que acontece com o COE, como uma construção que conta com vários pilares, o COE conta com diversos ativos.
Investindo em COE você pode, por exemplo, fazer com que o seu dinheiro seja diversificado entre ações e renda fixa. Assim poderá alcançar ótimos retornos.

E se você gostou do vídeo ou quiser saber mais sobre COE, continue acompanhando a nossa série Como Investir.
? Não perca o primeiro episódio da série: Como Investir #1- O que é COE

Se gostou deste investimento e quiser saber ainda mais sobre o COE, você pode acessar o texto completo em nosso site.

Sobre o autor
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

Inscreva-se em nossa newsletter

Corrupção

Corrupção

O que é Corrupção? O termo corrupção tem sido muito utilizado desde os primórdios da humanidade. Certamente, é um termo com amplas interpretações. A corrupção pode...

  CONTINUAR LENDO