O poder dos JUROS COMPOSTOS em 2021

O poder dos JUROS COMPOSTOS em 2021

Você já parou para pensar no poder dos juros compostos na sua carteira? O ano de 2021 se aproxima e, com ele, surgem as expectativas e dúvidas sobre onde investir para rentabilizar o patrimônio. Há algo, no entanto, que nunca muda: a capacidade e o poder dos juros compostos para multiplicar o seu capital ao longo do tempo. Ainda há quem pense que investir é apenas para os ricos, o que não é verdade. Qualquer pessoa que consiga poupar uma parte dos seus ganhos mensais, ainda que com valores baixos, pode começar a investir para, futuramente, colher ótimos resultados. No Mercado Financeiro, há quem defenda que os juros compostos são a oitava maravilha do mundo. E, sinceramente, não existe um erro nesse pensamento: é justamente essa ferramenta que vai possibilitar um ganho significativo do seu patrimônio, permitindo até mesmo que você mude de patamar e de padrão de vida no longo prazo. Sabe quem mais ama os juros compostos? Os bancos. Isso mesmo: são essas instituições financeiras que ficam milionárias aplicando juros sobre juros. E, se as empresas cujo produto é justamente o capital adotam essa estratégia, por que motivo nós, enquanto investidores, não deveríamos olhar com bons olhos para ela? Por outro lado, é preciso fazer um alerta: os juros compostos produzem resultados com o tempo e, geralmente, no longo prazo. Isso significa que, se você é uma pessoa mais ansiosa para ver o dinheiro crescer, precisará se controlar. A paciência, afinal, é um elemento chave na carreira de um investidor. Para que tudo fique ainda mais claro, vamos pensar em um exemplo simples. Suponha que você tenha, hoje, o valor de R$10.000 e se organize para fazer um aporte mensal de R$100. Além disso, por meio de investimentos, vamos considerar uma rentabilidade média de 5% ao ano de maneira constante, o que não é nenhum absurdo usando de ativos de renda variável. O que aconteceria com esse capital inicial de R$10.000? Em 5 anos, você teria R$19.725 Em 10 anos, você teria R$32.137 Em 20 anos, você teria R$68.196 Em 30 anos, você teria R$126.932 Em 40 anos, você teria R$222.608 Em 50 anos, você teria R$378.452 Veja, portanto, como o reinvestimento e o uso de juros compostos seria capaz de multiplicar o seu capital neste período. Seriam mais de doze vezes em 30 anos e quase quarenta vezes em 50 anos. Esse é justamente o efeito dos juros compostos que, para os investidores mais pacientes, produz resultados incrível no longo prazo. E isso que usamos uma rentabilidade média relativamente tranquila de obter. Ao conseguir um retorno anual de 7%, por exemplo, em 50 anos você teria R$816.553. E tudo isso apenas investindo periodicamente uma pequena parte do seu salário e deixando os juros compostos agirem sobre o patrimônio inicial. Gostou? Quer saber mais sobre este tema? Temos um texto COMPLETO no nosso portal, clique aqui para acessar. Ainda com dúvidas? Nos mande um e-mail [email protected]

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *