Empresa

A Microsoft Corporation é uma multinacional americana sediada em Redmond, uma cidade do estado de Washington, Estados Unidos. É pioneira no desenvolvimento de softwares e de diversos outros sistemas operacionais que até hoje continuam impactando diretamente a vida da maioria das pessoas.

Se hoje temos milhares de computadores por toda parte, em funcionamento, e colaborando para o desenvolvimento das empresas, muito se deve a esta companhia. É responsável por fabricar, licenciar e vender não somente softwares, como também produtos eletrônicos, computadores e até mesmo serviços pessoais.

Entre suas mercadorias mais conhecidas, estão: o sistema operacional do Windows; o Pacote Office (Word, Excel, PowerPoint, etc); as redes sociais LinkedIn e Skype, além do navegador que foi um dos primeiros da história da internet, o Internet Explorer.

Possui ações negociadas em uma das principais bolsas americanas, a NASDAQ, onde sempre despertou muito interesse de investidores dos quatro cantos do mundo. Se você deseja saber mais sobre esta grande empresa e suas ações, fique ligado neste artigo!

Aqui você irá conhecer um pouco mais sobre a história da companhia, o que fazer para investir em suas ações e o mais importante: se vale ou não vale a pena este investimento pra você. Acompanhe!

O que é a Microsoft?

Fundada por Bill Gates e Paul Allen em 1975, a Microsoft Corporation tinha o objetivo único de vender os chamados interpretadores BASIC para o Altair 8800 – um computador pessoal que foi criado com base na CPU Intel 8080.

Atualmente, é responsável por desenvolver e aprimorar diversos softwares e outros sistemas operacionais que fazem sucesso entre os clientes. Marcas como Windows, LinkedIn, Pacote Office, são algumas das ferramentas vendidas pela companhia.

Mas não para por aí. Além dos sistemas operacionais tão conhecidos, a empresa também é responsável por desenvolver produtos como o smartphone Microsoft Lumia, os telefones celulares da antiga Nokia, o aparelho de videogame XBox, entre outros.

Não que tenham sido genuinamente fabricados pela marca, alguns dos produtos que vimos acima foram frutos de aquisições milionárias que a empresa fez ao longo dos anos. Em 2012, a Microsoft anunciou o lançamento do seu primeiro computador pessoal, chamado Surface, que possui uma linha completa de notebooks e tablets.

Como funciona a Microsoft?

A Microsoft ganha dinheiro vendendo seus produtos e serviços que vão desde softwares e computadores até mesmo sistemas operacionais, negociações, áreas de desenvolvimento, entretenimento, entre outros.

Totalizando cerca de 40 produtos e serviços diferentes, a empresa comercializa diretamente para seus consumidores finais ou então para empresas privadas que contratam pacotes de seus serviços.

Veja a lista de produtos:

Estes são os principais produtos da companhia, no entanto, vai além disso. Ainda tem uma série de outros programas operacionais, cursos, cartões presente, licenças, treinamentos empresariais, workshops, eventos, entre outros.

Como investir na Microsoft?

Mesmo tendo suas ações negociadas em Bolsas Americanas, é possível investir em ações da Microsoft sem precisar sair do Brasil. Para isso, basta seguir uma série de passos simples que você pode tomar sem nem precisar sair de casa.

O primeiro deles é decidir se deseja investir diretamente nas ações da companhia, através da Bolsa Americana NASDAQ, se prefere investir em fundo que contenha suas ações, como o S&P500 por exemplo, ou, ainda, se deseja investir no BDR da Microsoft.

Vamos deixar aqui o passo a passo para as duas situações.

Investindo nas Ações da Microsoft

Como as ações da Microsoft são negociadas na Bolsa de Valores americana, a NASDAQ, então você precisa abrir uma conta em uma corretora americana. Confira o passo a passo!

  1. Abra uma conta em uma Corretora de Valores americana;
  2. Após aprovado, faça sua primeira transferência do valor a ser investido;
  3. Pesquise pelo termo MSFT;
  4. Preencha os dados como: quantidade de papéis que você deseja comprar; data; preço; etc;
  5. Efetue sua ordem;
  6. Após a ordem ser executada, você estará investindo nas ações da Microsoft.,

Investindo no índice S&P500

O índice S&P500 contém as ações das principais ações americanas e, por isso, pode ser uma boa opção caso você queira investir nas ações da Microsoft sem precisar abrir uma conta em uma corretora estadunidense.

No entanto, conforme já mencionamos, você estará investindo não somente na Microsoft, como em uma série de outras empresas também. Essa característica pode, inclusive, reduzir os riscos, uma vez que você esteja investindo de maneira diversificada.

Aqui no Brasil, você consegue investir neste índice através de duas ETFs que seguem a sua mesma composição: o iShares S&P 500 (IVVB11) e o It Now S&P 500 (SPXI11).

Confira o passo a passo:

  1. Caso você ainda não tenha, abra uma conta em uma corretora de valores brasileira que seja da sua confiança;
  2. Após aprovado, envie seu primeiro montante a ser investido;
  3. Pesquise pelo código IVVB11 ou SPXI11;
  4. Selecione o desejado e preencha todos os dados necessários, como: quantidade de papéis; valor; data; entre outros.
  5. Insira sua assinatura eletrônica e aguarde executar a ordem;
  6. Pronto! Após executada, você será um novo investidor deste índice que contém as ações da Microsoft.

Investindo na BDR da Microsoft

As BDRs são uma representação brasileira de ações americanas. Dessa forma, você consegue investir diretamente na empresa através de uma corretora brasileira.

Para isso, confira o passo a passo abaixo:

  1. Caso você ainda não tenha, abra uma conta em uma corretora de valores brasileira que seja da sua confiança;
  2. Após aprovado, envie seu primeiro montante a ser investido;
  3. Pesquise pelo código MSFT34;
  4. Selecione o desejado e preencha todos os dados necessários, como: quantidade de papéis; valor; data; entre outros.
  5. Insira sua assinatura eletrônica e aguarde executar a ordem;
  6. Pronto! Após executada, você será um novo investidor das ações da Microsoft.

Quanto rende a Microsoft?

As ações da Microsoft são conhecidas por ter uma boa rentabilidade a longo prazo, como você pode ver no gráfico abaixo, referente aos últimos 5 anos da companhia.

No entanto, é fundamental ressaltar que rentabilidade passada não é rentabilidade futura! Não quer dizer que porque veio tendo ótima rentabilidade que a empresa irá continuar assim. É preciso analisar uma série de outros fatores que indicam se a empresa é um bom investimento para o momento ou não.

E a BDR?

Com a BDR, a rentabilidade é bem parecida, no entanto, se trata de coisas diferentes! Veja o gráfico desta posição:

Vale a pena investir na Microsoft?

Agora que você já conhece mais sobre a empresa, seus produtos, serviços e ações, é hora de decidir se vale a pena ou não investir na mesma. Para responder a essa questão você precisará analisar uma série de fatores.

O primeiro deles é a sua aptidão ao risco. Como você sabe, as ações fazem parte da categoria de renda variável. Ou seja, no momento da aplicação você não sabe quanto vai receber de rentabilidade, e nem quando (ou se) isso irá acontecer.

Se o seu perfil de investidor for conservador, então este não será um investimento válido para a sua carteira, uma vez que ofereça riscos. Agora, caso o seu perfil seja moderado ou arrojado, então este pode sim ser um bom investimento.

No entanto, existe outro ponto importante: o valor de suas ações.

Muitas vezes, as pessoas compram papéis quando estão com preços altos, fazendo com que quando o preço volte ao normal, elas percam dinheiro. Não faça isso! Você não ia gostar de pagar mais do que um produto realmente vale, certo?

Então busque sempre pelo preço justo e faça bons investimentos.

Imagem do autor

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Empresa
Empresa
Empresa
Empresa
Veja mais Ver mais