Última modificação em 6 de janeiro de 2021

O que é taxa a termo?

Também conhecida como taxa futura ou Forward, a taxa a termo é uma tarifa comumente utilizada em contratos financeiros que terão início em uma data futura. 

É calculada a partir da Taxa Spot e ajustada de modo a determinar a taxa de juros que iguala o retorno total de um investimento de longo prazo com um investimento de curto prazo. Também é muito utilizada na compra e venda de commodities, moedas e no mercado de derivativos. Para entender a taxa a termo é precisa saber quando usar a Taxa Spot. 

Qual a diferença entre a taxa a termo e a Taxa Spot?

A Taxa Spot é sinônimo de taxa à vista. Assim, a taxa é acordada no dia da assinatura do contrato e vale até a data de vencimento. 

Já na taxa a termo, deve-se observar o intervalo entre a data de assinatura do contrato e o dia em que a sua validade terá início. Assim, a partir de uma data futura a taxa será aplicada até o vencimento do contrato. 

A principal diferença, portanto, é que enquanto contratos que aplicam a taxa a termo apresentam um hiato temporal entre o dia de assinatura e o início da validade, a Taxa Spot começa a valer no momento da assinatura do acordo. 

Como a taxa a termo funciona?

Suponha que um investidor tenha em sua carteira de investimentos alguns títulos com os seguintes vencimentos e taxas de remuneração:

Essas taxas valem de hoje até da data de vencimento dos títulos. São, portanto, Taxas Spots. Assim, para receber 5% de remuneração é preciso aguardar 30 dias, para lucrar 7% se deve aguardar 60 dias e para obter 10% de lucro, o investidor deve segurar a posição por 90 dias. 

Caso não queira observar esses prazos ou não deseje que a operação tenha início hoje, o investidor deve usar a taxa a termo, ideal para negociações intermediárias. Por exemplo, é possível firmar um contrato no dia 5 (D+5) com vencimento em 60 dias a partir de hoje (D+65).

A taxa de operação é dada pela taxa a termo que reflete nas ofertas das Taxas Spot. Ou seja, embora diferentes, essas taxas se relacionam diretamente.

Quando aplicar a taxa a termo?

Embora tenha muitas aplicações, a taxa a termo é mais utilizada no mercado futuro para antecipar os investidores das variações cambiais.

Por exemplo, um exportador de soja que firme contratos em moedas estrangeiras, como o dólar, deve acordar em qual data as taxas deverão ser aplicadas de modo a minimizar prejuízos devido às variações do câmbio. 

Além de proteger os investidor de perdas cambiais, a taxa a termo é utilizada na chamada Operação Estruturada de Volatilidade de Taxa de Juro Forward, contrato que concentra operações de ativos no mercado de opções, o que reduz riscos associados a mecanismos isolados. 

Essa acordo permite estabelecer prazos diferentes dos convencionais e analisar a curva de juros de modo que os investidores possam trabalhar com a taxa a termo.

Termo do dia

Efeito Isolante

O que é o efeito isolante? É chamada de efeito isolante ou efeito Von Restorff (em Inglês, isolation effect) a tendência humana de se lembrar, com…