Última modificação em 21 de maio de 2021

O que é Short Put?

No mercado de capitais, nós temos uma série de termos em Inglês que representam mais do que um simples nome, mas sim um tipo específico de operação. É o caso da Short Put.

Aqui, estamos falando de um tipo de negociação mais comum no mercado de opções, que envolve negociadores interessados em opções de compra ou opções de venda.

Neste tipo de mercado, há uma negociação entre dois investidores com a definição de um preço em data futura para um determinado ativo-objetivo. Esse produto é, na verdade, um derivativo de uma ação, um índice, uma moeda, entre outros.

Quem adquire uma opção, recebe o direito de exercê-la nessa data futura. Como não há obrigatoriedade para essa parte, o uso do produto vai depender das condições econômicas. Já quem vende a posição, caso o comprador exerça seu direito, é obrigado a cumprir sua parte no acordo.

O que significa Short Put?

Como mencionamos anteriormente, alguns termos em Inglês no mercado financeiro são utilizados como forma de resumir algum tipo de operação. Abaixo, explicamos os principais e você logo perceberá como fica mais fácil entender a Short Put com essas definições:

Agora ficou fácil entender o que é uma Short Put, certo? Aproveitando desses conceitos que explicamos, trata-se de uma posição no mercado financeiro em que o investidor atua vendendo (Short) opções de venda (Put).

Como funciona uma Short Put?

Para lançar uma Short Put no mercado, um investidor precisa de outra pessoa interessada em comprar essa opção de venda que ele está vendendo. Nesse caso, portanto, ele busca alguém interessado em executar uma Long Put.

Para esse tipo de operação, a parte vendida da operação recebe um prêmio, que é o custo do comprador para adquirir esse direito de venda em data futura. Lembrando que, caso ele resolva exercê-la, a parte vendedora lucra apenas com esse prêmio.

Importante mencionar que, no caso de uma Short Put, não é qualquer tipo de proteção da operação. Ela pode ser combinada com outras posições simultâneas de modo a equilibrar o risco.

Vale a pena utilizar a Short Put no mercado financeiro?

Uma operação vendida de uma opção de venda precisa que o preço do ativo-objeto se mantenha acima do valor acordado na negociação para a data de vencimento.

Isso porque, neste caso, não compensa ao comprador exercer a opção de venda, pois o preço do Mercado Secundário encontra-se mais atrativo. Desta forma, o vendedor da opção recebe o prêmio da negociação, como mencionamos anteriormente.

No entanto, vale reforçar mais uma vez que o risco é ilimitado conforme cair o preço do ativo-objeto. Desta forma, temos uma operação em que a potencial perda muitas vezes pode superior o lucro, algo que exige experiência do investidor na aplicação da estratégia.

Por esse motivo, é essencial que a pessoa que deseja utilizar uma Short Put tenha boa experiência não apenas com renda variável, como principalmente no mercado de opções. Não é, portanto, uma boa técnica para o iniciante em investimentos.

Saber encerrar uma posição em prejuízo é essencial para evitar perdas significativas ao patrimônio. É essencial ter um plano estratégico bem definido para cada cenário (positivo, neutro ou negativo).

Termo do dia

Economia Criativa

O que é a Economia Criativa? Economia criativa é o nome dado a uma modalidade específica de produção e comercialização de bens e serviços, onde o…