Última modificação em 29 de abril de 2021

O que é Short Call?

Para entender o que é uma Short Call, nós precisamos primeiramente recorrer aos termos que compõem essa expressão. Eles se originam do mercado financeiro e representam o tipo de operação aberta.

O termo Short é utilizado em posições vendidas. Isto é, em que se espera uma desvalorização do ativo. É a lógica inversa ao termo Long, onde há abordagem tradicional do mercado financeiro (primeiro comprar, depois vender).

Para que seja possível inverter essa ordem, uma posição Short consiste em alugar um ativo e posteriormente recomprá-lo. O lucro vem da sua desvalorização, permitindo que a aquisição do produto seja mais barata do que a venda inicial.

Já o termo Call é originado no mercado de opções e se refere a uma opção de compra. Há também como negociar uma opção de venda que, neste caso, chama-se Put.

Como funciona a Short Call?

Juntando tudo que conversamos até aqui, nós podemos concluir que Short Call nada mais é do que uma posição em que o investidor vende (Short) uma opção de compra (Call) no mercado de opções.

Esse tipo de operação é utilizada quando se espera uma desvalorização ou estabilidade do preço do ativo-objeto, que é o produto utilizado como referência em um mercado de derivativos.

O processo funciona com as definições básicas do mercados de opções como data de vencimento e preço de exercício. Lembrando que, no caso da Short Call, o investidor é obrigado a exercer sua posição caso quem comprou a operação queira usar o seu direito.

De acordo com a movimentação de preço do ativo, portanto, podemos ter alguns cenários que vão indicar o resultado financeiro para a posição. Vamos entender os principais.

Como ganhar dinheiro com Short Call?

Após realizar uma Short Call, o investidor fica exposto à variação de preço de um ativo-objeto, como vimos anteriormente. Temos, em resumo, três possibilidades principais. São elas:

Vale a pena aplicar Short Call?

Pensando em todo cenário da estratégia Short Call, sempre surgem perguntas sobre se vale a pena aplicar a técnica no mercado financeiro. E, como sempre, a resposta depende de alguns fatores.

Em primeiro lugar, você deve analisar o seu perfil de investidor. O mercado de opções, afinal, está entre os mais voláteis. Desta forma, é essencial que exista uma compatibilidade de comportamento com a renda variável.

Ao mesmo tempo, há um benefício importante que está na possibilidade de ganhar dinheiro em um cenário negativo para o cenário econômico. Se os ativos passam a perder valor, a Short Call permite bons lucros ao investidor.

Por outro lado, como mencionamos, as perdas podem ser ilimitadas na medida em que o ativo pode se valorizar infinitamente. Portanto, passa a ser essencial ter pontos de saída bem definidos ou então trabalhar com posições complementares, algo que é conhecido tecnicamente como proteção ou cobertura.

Enfim, como vimos, essa é mais uma abordagem do mercado financeiro, mas a sua utilização depende dessa série de fatores que acabamos de mencionar. Uma vez que o seu perfil seja aderente, pode usar o método para lucrar com a baixa de preço dos ativos.

Termo do dia

Rebalanceamento de calendário

O que é o rebalanceamento de calendário? Rebalanceamento de calendário é o nome dado a uma das diversas de se realizar o rebalanceamento de uma carteira…