Última modificação em 1 de fevereiro de 2021

O que é retração de fibonacci?

A retração de fibonacci é um indicador financeiro que ajuda os investidores a determinarem as movimentações do mercado. Exibe projeções dinâmicas que indicam a alta ou de baixa das ações — as variações dependem da tendência primária do gráfico.

O recurso é muito usado por investidores com perfil mais técnico e é considerado altamente arriscado uma vez que se baseia na tentativa de prever o preço que determinadas ações alcançarão no futuro.

Suponha que o preço de venda de uma ação atinja R$ 10 e depois caia para R$ 2,36. Nesse caso, o valor do ativo caiu 23,6%, que é um número de Fibonacci. Esses algarismos são encontrados em toda a natureza, o que leva muitos traders a acreditarem que também tenham relevância nos mercados financeiros.

Quem é o criador desse método?

A retração de fibonacci tem ligação com a sequência numérica criada pelo matemático Leonardo Pisano Bigollo para descobrir a chamada “razão de ouro”.

Fibonacci se dedicou a estudos matemáticos que culminariam com a descoberta do número de ouro e da sua sequência. Pode-se dizer, portanto, que essa razão constante, conhecida pela letra grega Phi, garante que certas obras de engenharia, por exemplo, exibam um resultado harmônico. 

Essas descobertas inspiraram o italiano Luca Pacioli a calcular o valor de Phi: 1,61803398875.

Vale observar que o número de ouro tem uma história envolta em mistérios — segundo os estudiosos, ele pode ser encontrado nos projetos de Leonardo Da Vinci, nas construções do Egito antigo e até mesmo na contagem dos ossos ou das células do corpo humano.

A série de Fibonacci

A sequência matemática é formada pelos seguintes algarismos 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, 55 e 89... na qual o próximo número é resultado da soma dos dois anteriores.

Os níveis de retração de fibonacci são derivados dessa série numérica. Depois que a sequência começa, dividir um número pelo próximo resulta em 0,618, ou 61,8%. Ao dividir um algarismo pelo segundo a sua direita obtém-se 0,382 ou 38,2%. 

Todas as proporções, exceto 50% (uma vez que esse não é, oficialmente, um número de fibonacci), são baseadas em alguns cálculos matemáticos envolvendo essa sequência de números.

A série é vista como uma métrica de cálculos perfeitos, cuja interpretação é fundamental para a aplicabilidade do indicador. 

Já Phi é obtido ao se dividir um número pelo seu antecessor — o valor obtido é, aproximadamente, 1, 1618. 

Os investidores acreditam que uma retração compreendida entre 50% e 76,4% indica que os ativos começarão a mudar de direção. Assim, a análise das porcentagens permite verificar a movimentação do mercado e as zonas de alerta. Os seguintes pontos também merecem atenção:

O que é uma zona de alerta?

Uma zona de alerta indica os locais na retração de fibonacci onde os preços dos ativos devem sofrer uma reversão de tendência, ou seja, são pontos que merecem a atenção dos investidores.

Já os pontos de reversão indicam os pontos onde os investidores devem entrar no mercado e são vistos como o momento no qual um movimento se interrompe e outro tem início.

Termo do dia

Custodiante

O que é custodiante? Custodiante é uma instituição financeira responsável por deter a custódia de ações e ativos de fundos, seja de pessoas físicas, seja de…