termos

Rebalanceamento por faixas de tolerância

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:22/03/2021 às 06:03 - Atualizado 7 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O que é o rebalanceamento por faixas de tolerância?

Rebalanceamento por faixas de tolerância é o nome dado a uma das diversas de se realizar o rebalanceamento de uma carteira de investimentos. Nesse caso, a realocação de ativos, que é feita regularmente com o objetivo de preservar a composição desejada da sua carteira, tem regras preestabelecidas para acontecer. 

Para ilustrar o processo (e facilitar o entendimento) vamos ilustrar de maneira bem simples como rebalanceamento acontece... E utilizando as suas resoluções de ano novo! Nós sabemos que você já pode tê-las esquecido a essa altura, mas ela vai servir de exemplo perfeitamente.

Imagine que, em janeiro, você escreveu num caderno 5 grandes resoluções para o ano a seguir. Provavelmente foi um momento muito inspirador e ali mesmo você já tomou providências para dar o pontapé inicial nesses projetos. Contudo, após escrever você tem duas opções: acompanhar as metas regularmente (por exemplo, a cada 2 meses) ou apenas quando sentir necessidade (ao enfiar o pé na jaca e engordar muito, por exemplo).

Cada opção tem suas vantagens e desvantagens. Para quem desenvolveu pouco a disciplina ter uma data na agenda para sentar e avaliar os status das metas é uma mão na roda. Por sua vez, há quem consiga fazer ajustes no caminho sem se sabotar, definindo regras para saber a hora de certa de recalibrar.

Na realocação de carteiras de investimentos funciona de forma bem parecida. Não existe apenas uma única maneira de realizar essa "recalibragem" da carteira - depende muito do seu perfil e objetivos -, embora todos concordemos que ela precisa ser feita.

O rebalanceamento por faixas de tolerância se enquadra mais no último caso, já que o investidor define um porção para certo tipo de investimento (25% em renda fixa, por exemplo) e uma "margem" (± 2 pontos percentuais, por exemplo). Sempre que a proporção ultrapassa essa margem, ele realiza o rebalanceamento.

Por que o rebalanceamento de carteira é importante?

Antes de avançarmos um pouco mais no rebalanceamento por faixas de tolerância vale a pena garantir que você entenda o porquê dos rebalanceamentos serem tão importantes para os investidores. 

A verdade é que, ainda que você estabeleça proporções fixas para os ativos da sua carteira (por exemplo, 25% de renda fixa e 75% de renda variável, sendo que dentro desses 75% você determina que metade será "ocupado" por ações) elas não serão estáticas.

Ativos diferentes têm rentabilidades diferentes - alguns se valorizam no mesmo período em que outros caem.

É possível que essa flutuação altere a composição da sua carteira e você precise realocar investimentos para trazê-la de volta ao arranjo original, garantindo a continuidade da sua estratégia.

Existe uma faixa de tolerância ideal para todo mundo?

Não. 

Diversos estudos se debruçam sobre os resultados históricos para entender qual seria a melhor faixa de tolerância daquele período - sempre olhando para o passado, é claro.

No entanto, é unanimidade que não existe uma faixa padrão, tipo receita de bolo, que pode ser aplicada por todos os investidores com 100% de certeza de sucesso.

Como dissemos nas seções anteriores, o rebalanceamento por faixas de tolerância acontece de forma regular, mas não periódica. Não existe uma data na agenda do investidor! Tudo depende da margem (faixa de tolerância) estabelecida por ele.

A depender da margem, inclusive, o investidor talvez tenha que dispender mais tempo e energia para rebalancear a carteira com frequência. É preciso levar isso em consideração, assim como os seus objetivos.

Obviamente, investidores diferentes definirão margens diferentes, de acordo com seu perfil, e é importante levar em conta as suas características para criar a melhor estratégia PARA VOCÊ.

Sobre o autor
Equipe Mais RetornoA Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!
Mais sobre
David Swensen

David Swensen

Quem é David Swensen? Nascido em 1954, David Swensen é um dos grandes investidores norte-americanos. Ele é mundialmente conhecido por liderar a Universidade de Yale, uma...

  CONTINUAR LENDO