Última modificação em 20 de janeiro de 2021

O que é PME?

A PME (Pesquisa Mensal de Emprego) era uma pesquisa que produzia indicadores mensais sobre a força de trabalho nas suas áreas de abrangência — as regiões metropolitanas de Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre — que permitiam uma avaliação mais detalhada sobre as flutuações e tendências do mercado. Abrangia também informações referentes ao rendimento médio nominal, condições de atividades e de ocupação e outros índices tendo como unidade de coleta os domicílios.

Essa pesquisa teve início em 1980 e foi submetida a algumas revisões durante a sua existência: uma completa no ano de 1982 e duas parciais em 1988 e 1993. Por meio delas, foram realizados ajustes restritos somente ao seu plano de amostragem.

Já em 2001, passou por um processo bastante amplo de revisão metodológica com o intuito de uma captação mais abrangente das características de trabalho das regiões e, também, das formas de inserção da mão de obra no mercado de trabalho.

As principais alterações na sua metodologia que foram introduzidas nessa última revisão se referiam a implementações pontuais de mudanças conceituais no trabalho da população. Houve também uma preocupação maior com a ampliação da investigação em relação ao melhor conhecimento da população que fazia parte da pesquisa que já estava empregada e a parcela que estava à procura de trabalho.

Qual é a importância da PME?

Como o principal órgão produtor de informações e estatísticas de natureza econômica, demográfica e social no Brasil, o IBGE sempre procura atualizar, de forma permanente, seus programas e processos de trabalho. Daí a importância da PME, que sempre forneceu indicadores para a avaliação conjuntural do mercado de trabalho das regiões assistidas por ela.

A PME, então, é importante nesse cenário porque visa possibilitar a captação mais abrangente possível das características de trabalho, assim como das formas de inserção da força de trabalho no sistema produtivo do país.

Dessa forma, a pesquisa consegue fornecer informações realmente relevantes para o estudo desse mercado e para a formulação — e o acompanhamento — de políticas públicas voltadas para os trabalhadores.

Por meio da PME foi possível implementar algumas mudanças conceituais importantes no tema trabalho que seguiam as recomendações internacionais.

Além disso, foi essa pesquisa que introduziu no país o uso do coletor eletrônico nas operações de coleta com o objetivo de aprimorar o sistema operacional das pesquisas e, assim, agilizar a apuração dos resultados.

Qual é o objetivo da PME?

A PME teve como o principal objetivo produzir indicadores mensais sobre a força de trabalho nas regiões em que atuava. Para a pesquisa, era feito um levantamento domiciliar que era utilizado como indicativo ágil dos efeitos da economia sobre o mercado de trabalho.

Os resultados, então, eram construídos para cada uma das regiões metropolitanas atendidas por ela desde a sua criação.

A pesquisa também investigava características da população e fazia uma medição das relações entre o mercado de trabalho e a força desse trabalho associada a outros aspectos socioeconômicos — o que incluía todas as atividades e os seus segmentos de ocupação.

O tema básico da Pesquisa Mensal de Emprego, então, era o trabalho, mas as pesquisas também incluíam algumas características educacionais e demográficas com o intuito de entender ainda mais a força de trabalho nas regiões.

Quando a PME deixou de existir?

A Pesquisa Mensal de Emprego foi encerrada de forma definitiva em março do ano de 2016, logo após a divulgação dos resultados referentes ao mês de fevereiro daquele ano.

O motivo do seu encerramento se deu pela implantação de uma metodologia mais atualizada chamada de Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), que, ao contrário da PME, abrange todo o país.

Com isso, o IBGE conseguiu atender à demanda de seus usuários por informações sobre a força de trabalho em âmbito nacional — e não apenas regional, como era feito anteriormente. Ao longo dos seus 36 anos de existência, porém, a PME se tornou uma das principais fontes de referência para o acompanhamento da situação conjuntural do mercado de trabalho.

Com seus resultados, conseguiu proporcionar avaliações constantes das tendências e flutuações a médio e longo prazo nas regiões metropolitanas que abrangia.

Termo do dia

Endomarketing

Você com certeza conhece o marketing, mas e o endomarketing? Descubra o que é e como ele se relaciona com o mercado financeiro!