termos

Lucro líquido gerencial

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:20/10/2021 às 05:13 - Atualizado 2 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O que é lucro líquido gerencial?

O lucro líquido gerencial é um indicador de lucro utilizado para demonstrar para investidores, acionistas e interessados no desenvolvimento da empresa, quanto ela proporciona no lucro. Este é um indicador fundamental para analisar o bom andamento da empresa, utilizado também para pensar desenvolvimento, investimento e expansão.

Como o próprio nome indica, o lucro líquido gerencial é o montante final, ou seja, o valor total após todos os gastos deduzidas e todos os gastos contabilizados. O valor que sobra na final e que não precisa ser utilizado para cobrir gastos é o lucro líquido. Uma forma mais simplificada de pensar é: lucro líquido = receitas – custos – despesas.

Pensando no cálculo acima, a receita é o valor total que engloba tantos gastos, quanto possíveis lucros. Pode parecer até que custos e despesas se refiram à mesma coisa, mas cada conceito tem sua aplicação particular. Os custos são todos os gastos que se ligam diretamente à produção da empresa, tudo o que envolve a linha de produção como matéria-prima, salário dos funcionários, gastos com equipamentos, entre outros.

Como despesas são gastos também da empresa, mas que não possuem uma ligação direta com a produção. Assim, qualquer valor que seja direcionado ao pagamento de contas de internet, energia, água, procedimentos administrativos são inseridos nas despesas.

Desta forma, compreende-se que o lucro líquido gerencial é o valor que sobra após as deduções de todos esses gastos necessários ao andamento da empresa. A importância de levar esses cálculos em consideração é a análise de bom desempenho.

Por que o lucro líquido gerencial é importante?

O primeiro ponto a se analisar quando se pensa o valor líquido gerencial é que este ajuda a verificar a capacidade real da empresa em gerar renda. Isso quer dizer que o lucro líquido gerencial atua como um índice na hora de pensar expansão do negócio, ou investir em máquinas, ou em outros segmentos do comércio. Ao analisar o lucro, tem-se uma resposta confiável a respeito dos valores que entram na conta;

Outra vantagem é poder pensar que são os problemas a ser evitados e que, se não analisados de acordo, podem causar danos maiores no longo prazo como contas que fecham no vermelho. Quando se faz uma análise de lucro, fica mais fácil identificar brechas em que o dinheiro pode ser escorrendo;

Também é possível ter mais certeza na hora de tomar uma decisão. Estar sempre prestando atenção no lucro líquido gerencial faz com que exista menos espaço para dúvidas, afinal, estando com todas as informações importantes em mãos é mais simples seguir desenvolvendo planos de ação;

Ter os pés no chão na hora de tomar decisões também é um dos resultados da análise de lucro, afinal, é importante ter em mãos todas as informações importantes ao planejar.

Como calcular o lucro líquido gerencial?

Para desenvolver o cálculo do lucro líquido gerencial é importante levar em consideração todos os valores envolvidos de alguma forma na administração da empresa. Um exemplo: Um restaurante contabilizou a venda de R$ 100 mil em refeições no mês. Também foi contabilizado que a matéria-prima utilizada para fazer as refeições foi no valor de R$ 30 mil.

Os salários dos cozinheiros e de seus auxiliares foram um total de R$ 25 mil; a meio-dia de espaço, salários administrativos e despesas gerais foram contabilizadas em mais de R$ 25 mil. Sendo assim, o cálculo a ser feito é:

Receitas: 100.000

(-) custos: 30.000

(-) despesas: 50.000

= lucros antes dos impostos: 20.000

(-) impostos: 5.000

= lucro líquido: 15.000

Assim, no caso do restaurante do exemplo, o lucro líquido gerencial é de R$ 15.000, ou seja, a conta encerrada em azul, sem dever nada.

Sobre o autor
Equipe Mais RetornoA Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

Inscreva-se em nossa newsletter

Ordem a mercado

Ordem a mercado

O que é ordem a mercado? Ao comprar ou vender ações na bolsa de valores, investidores geralmente têm as negociações mediadas por corretores particulares ou agências...

  CONTINUAR LENDO