Última modificação em 6 de janeiro de 2021

O que é a LEED?

LEED vem do termo em Inglês Leadership in Energy and Environmental Design - que pode ser traduzido como Liderança em Energia e Design Ambiental. Trata-se de uma certificação internacional, criada em 1993, pela ONG United States Green Build Council (USGBC), porém suas atividades começaram de fato em 1998.

Ela tem o intuito de incentivar práticas sustentáveis no setor da construção. Inclusive, vários projetos ao redor do mundo possuem essa certificação ou estão em fase de aprovação para obtê-lo.

No Brasil, o responsável por emitir o selo, que é a certificação com maior reputação no país, é o GBC Brasil. Em 2012, ao completar 50 construções certificadas, nosso país alcançou a quarta posição mundial em número de certificados emitidos, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, Emirados Árabes Unidos e China.

Sistema de pontuação do LEED

Para obter o certificado, a construção precisa atingir uma pontuação mínima que será maior na medida em que ela se enquadrar em alguns parâmetros. Esses critérios para obter o certificado estão divididos em diferentes etapas da construção, desde os materiais utilizados até a eficiência no uso da água.

Assim, a classificação do sistema de certificação LEED considera oito parâmetros técnicos e também sociais, acompanhe:

  1. Sustainable Suits: Espaço Sustentável

Avalia a relação da construção com o ecossistema local e a sua preservação. O projeto pontua se:

adotar práticas para reduzir a poluição ambiental e luminosa durante a obra;

  1. Location and Transportation: Localização e Transporte

Este critério avalia o local da construção, sendo que o projeto ganha mais créditos quando está próximo a locais públicos, parques e restaurantes. O objetivo é facilitar o acesso a regiões comunitárias e mais comuns às pessoas em geral e, dessa forma, reduzir o uso do automóvel.

  1. Water Efficiency: Uso Eficiente da Água

Considera o uso deste recurso durante a construção e como foi planejado o consumo dele após a finalização do projeto.

  1. Energy and Atmosphere: Energia e Atmosfera

Está relacionado às estratégias de otimização e ao uso de energia renovável. Por exemplo: instalação de vidraças para aproveitar melhor a luz solar e uso de painéis geradores de energia solar.

  1. Materials and Resources: Materiais e Recursos

Este tópico pontua o projeto considerando a redução de impactos causados pelos materiais usados na construção, desde a extração até o descarte. Por isso, é importante fazer uma gestão dos resíduos, descartá-los de forma correta e reutilizar o que for possível.

  1. Indoor Environmental Quality: Qualidade do Ambiente Construído

O projeto ganha pontos quando a equipe planeja a qualidade do ambiente interno, de modo que o ar seja de qualidade e também seja confortável termicamente, visualmente e acusticamente.

  1. Innovation: Inovação

Se o mercado apresenta demanda, novas tecnologias devem ser inseridas no ramo de construção civil. A equipe é melhor avaliada quando traz alguma novidade que contribua para a sustentabilidade da construção.

  1. Regional Priority Credits: Créditos de Prioridade Regional

As necessidades de preservação ambiental variam entre as regiões. Para ilustrar: em determinada cidade é fundamental a preservação de um rio, já em outra o controle da erosão é mais importante.

Como certificar uma construção com a LEED?

Primeiramente o cadastro do projeto é feito na plataforma LEED Online, por meio do preenchimento dos dados. Feito o registro, um revisor do GBC irá analisar os dados e ele pode pedir mais informações para a equipe do projeto.

Assim que o material for analisado, a GBC informará a pontuação obtida, que pode ser contestada pela equipe mediante um pagamento. 


Termo do dia

Carrier

O que é carrier? Carrier é a designação para uma pessoa ou empresa que transporta outras pessoas ou mercadorias. Geralmente, se anuncia como disponível para fazer…