termos

Euromercado

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:22/06/2021 às 03:38 - Atualizado 4 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O que é Euromercado?

O Euromercado é o espaço onde são negociados os Eurobonds - títulos de renda fixa emitidos no mercado internacional pelo governo ou por empresas listadas na Bolsa de Valores. 

Ao comprar algum título de renda fixa, é como se você estivesse emprestando dinheiro ao governo, a uma instituição bancária ou a uma empresa, com a promessa de que esse dinheiro lhe será pago com o acréscimo de juros, certo?

Essa é uma ótima modalidade de investimento, considerada segura e rentável. Agora, imagine investir em títulos internacionais - "emprestar" dinheiro ao governo, banco ou empresa de outro país?! Através do Euromercado, isso é possível.

Os Eurobonds possuem o rendimento pré-fixado e são agrupados de acordo com seu vencimento - curto, médio  e longo prazo.

Ao contrário do que a nomenclatura possa sugerir, não são uma exclusividade da Europa, pois podem ser disponibilizados em qualquer moeda estrangeira - dólar americano ou canadense, libra esterlina, franco suíço, peso argentino, lira turca, iene e assim por diante.

Como o Euromercado funciona do ponto de vista governamental?

Normalmente, o Eurobond é emitido pelo governo quando há intenção de captar investimentos em moeda estrangeira. Sendo assim, os títulos são emitidos externamente e disponibilizados em alguma Bolsa de Valor internacional.

O último Eurobond emitido pelo Brasil foi em 2014. Após essa data nosso governo seguiu captando dinheiro, mas dessa vez com as Global Bonds - que por sua vez funcionam de maneira muito similar a primeira modalidade citada.

As principais diferenças entre Global Bonds e Eurobonds estão nos tipos de mercados e na regularidade dos cupons. Enquanto a primeira modalidade pode ser emitida em diversos mercados simultaneamente e tem cupons semestrais, a segunda pode ser emitida apenas no Euromercado e tem cupons anuais.

Os títulos emitidos pelo governo costumam ser mais seguros em comparação aos títulos emitidos pelas empresas, embora possam render um pouco menos.

Como o Euromercado funciona do ponto de vista empresarial?

Os Eurobonds emitidos pelas empresas funcionam de maneira muito similar ao que conhecemos como debêntures. Enquanto os títulos do governo são emitidos em forma de dívida pública, os títulos empresariais são emitidos com objetivo de financiar projetos internos.

Moedas como dólar, euro ou até mesmo libra esterlina, costumam ser menos voláteis no mercado, facilitando o levantamento de capital necessário para as empresas investirem em si mesmas - principalmente quando se tratam operações estruturais. 

Para aqueles que compram títulos estrangeiros, a grande vantagem está na diversificação da carteira. Se o real não estiver proporcionando lucratividade, pode ser que o dólar ou o euro estejam, sabe? Sem contar que a compra de Eurobonds é um processo bem simples.

Os títulos emitidos pelas empresas costumam ser mais rentáveis em comparação aos títulos emitidos pelo governo, embora possam sem menos seguros a depender da companhia.

Euromercado versus Renda Variável

Quando comparado aos investimentos na modalidade de renda variável, o Eurobond apresenta praticamente as mesmas vantagens em comparação aos títulos emitidos nacionalmente - tanto pelo governo, quanto pelas empresas.

A renda fixa é considerada mais segura pela previsibilidade do rendimento, normalmente a partir de algum indicador específico ou pelas próprias condições do emissor do título. Já a renda variável, como o nome é capaz de sugerir, não apresenta essa mesma característica.

Embora seja possível investir no mercado financeiro internacional através da renda variável, os Eurobobds são considerados uma forma mais simples e segura de captar recursos externos, tanto para os emissores de títulos, quanto para os compradores. 

Cada investidor, assim como cada governo e cada empresa, decidirão o que é vale mais a pena de acordo com suas próprias necessidade e estratégias.

Sobre o autor
Equipe Mais RetornoA Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!
Alfa de Jensen

Alfa de Jensen

O que é Alfa de Jensen? Alfa de Jensen, ou simplesmente Alfa, é uma medida utilizada para determinar qual foi o excedente sobre o resultado estimado...

  CONTINUAR LENDO
Mais termos relacionados: