Última modificação em 14 de janeiro de 2021

O que é Desinflação?

A desinflação é o processo de aumento desacelerado de preços de produtos e serviços em relação ao IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) - ou inflação.

Ao contrário do que muitos pensam, desinflação não é o exato oposto de inflação. Seu oposto é, na verdade, a deflação. E, como mostraremos mais adiante, deflação e desinflação não significam a mesma coisa.

Muito ouvimos falar sobre a inflação e, embora ela seja uma parte natural da economia, temos uma relação de medo em relação a ela.

Isso ocorre porque na história do Brasil a frequente alta da inflação e todas as consequências negativas provenientes dela fizeram com que o imaginário popular acreditasse que a própria ideia de inflação fosse algo ruim por si mesmo.

Essa história do país com a inflação também faz com que a maioria da população nunca tenha ouvido falar em desinflação, ou nunca tenha prestado a atenção no termo.

Isso porque a desinflação está bastante associada a um aumento no poder de compra dos consumidores gerado pelo crescimento desacelerado dos preços, algo que não vivemos com frequência no Brasil.

Diversos fatores afetam a dinâmica dos preços em um país de dimensões continentais e que depende de commodities como o Brasil: política interna, externa, regime de chuvas, secas e uma série de outros fatores causam muitas vezes a alta de preços.

Desse modo, o que é mais comum é que vejamos o nosso poder de compra diminuir ao invés de aumentar. Embora mais rara ou menos percebida, ela acontece e vamos entender de onde parte.

Como a Desinflação funciona?

Primeiramente é preciso entender que só podemos falar em desinflação porque existe a inflação.

Todos os anos, O Banco Central (BC) fixa um teto máximo de inflação que será praticada. A ideia é que os preços aumentem de acordo com uma taxa especificada todos os anos.

Essa taxa é o IPCA e, em situações normais, os preços tendem a crescer de acordo com esse limite fixado pelo BC. Se o IPCA é fixado em 3% ao ano, então é de se esperar o aumento de preços segundo essa taxa.

Contudo, ao instituir um valor de IPCA para o ano, o BC não espera que ao longo dos meses os preços aumentem 3%.

Pode ser que em um mês, ou mais de um mês, ocorra desinflação. Ou seja, por uma série de fatores diferentes os preços podem aumentar em ritmo abaixo do esperado.

Nesses casos, podemos observar uma maior movimentação nos setores de comércio e serviços, uma vez que a desinflação permite que o consumidor compre mais e movimente mais o terceiro setor.

O fato de haver desinflação por mais de um ou dois meses em um ano pode ou não apontar para deflação. Por isso, entender a diferença entre esses conceitos e como eles se relacionam pode ajudar a entender como anda a saúde econômica do país.

Qual é a diferença entre Desinflação e Deflação?

Enquanto a desinflação representa uma desaceleração no aumento dos preços, a deflação indica uma inflação negativa.

Isso significa que quando passamos por uma deflação há a queda abrupta e progressiva de preços. Esse é o oposto imediato da inflação.

É muito comum que as pessoas, por confundirem a deflação com a desinflação, considerem essa queda nos preços uma coisa muito positiva ou negativa para a economia. Esses cenários, entretanto, devem ser avaliados com atenção para que seja possível tirar uma conclusão.

Quando vivemos curtos períodos de desinflação, a tendência é positiva, pois o aumento do consumo gerado por ela causa a posterior alta dos preços, que voltam ao patamar esperado, e há normalização da economia.

Porém, quando vivemos períodos sucessivos de desinflação e não há normalização dos preços praticados, mas sucessivas quedas, esse é um mal sinal: há deflação.

O problema aqui é que embora pareça que o poder de compra das pessoas aumentou, o que esse cenário pode indicar é que ele se reduziu a quase zero; uma vez que mesmo com os preços muito abaixo da inflação eles continuam a cair.

Portanto, é preciso acompanhar com frequência os índices de IPCA mensais para entender se a economia do país está ou não saudável.

Termo do dia

Desconto de Duplicatas

O que é Desconto de Duplicatas? O procedimento de Desconto de Duplicatas, também chamado de Desconto de Títulos, consiste no adiantamento de recebíveis de uma empresa…