Última modificação em 19 de novembro de 2020

Quem é David Swensen?

Nascido em 1954, David Swensen é um dos grandes investidores norte-americanos. Ele é mundialmente conhecido por liderar a Universidade de Yale, uma das mais notáveis do segmento financeiro.

Além disso, enquanto investidor, Swensen também se notabilizou por outros grandes feitos como a criação do Modelo de Yale, batizado em função da própria universidade, onde ele também fez um excelente trabalho na gestão patrimonial.

Sua afinidade junto ao mercado financeiro não é exatamente uma surpresa. David Swensen, afinal, formou-se em economia antes de assumir a gestão da Universidade de Yale. Destacou-se ainda por gerir com muita competência os fundos da instituição.

Como foi a carreira de David Swensen?

A formação em Economia de David Swensen ocorreu na Universidade de Wisconsin-River Falls, local também onde nasceu e cresceu. Após encerrar sua graduação, ele percorreu um caminho muito interessante no mercado financeiro.

Em primeiro lugar, em 1980, ele começou a trabalhar na Salomon Brothers, local em que ganhou destaque por um acordo do swap internacional — algo que, na oportunidade, não era tão simples como nos dias atuais.

Outro marco interessante na sua carreira foi a passagem pelo gigantesco Lehman Brothers, uma das maiores instituições financeiras dos Estados Unidos. Ele esteve na empresa durante seis anos, saindo em 1985. Portanto, já não estava na companhia durante a Crise do Subprime, em 2008, que levou o banco à falência.

Com sua ótima reputação nos resultados entregues, não tardou para chegar até a Universidade de Yale, recomendado para atuar como gerente dos fundos da instituição.

David Swensen e a Universidade de Yale

Apesar dos grandes feitos nas demais instituições financeiras que destacamos no tópico anterior, foi na Universidade de Yale que veio o grande marco da sua carreira.

A sua atuação iniciou-se em 1985, como gerente dos fundos da instituição. Em um primeiro momento, Swensen hesitou para aceitar o cargo visto que sua experiência acadêmica era insuficiente para dar a confiança para a função, mas acabou aceitando.

Os méritos do desenvolvimento a frente dos fundos de investimentos da Universidade de Yale também passaram pela composição de uma equipe muito competente e dedicada. Os retornos na gestão do fundo foram superiores a 10% ao ano, um excelente resultado.

David Swensen e o Método Yale

Outro ponto notável da carreira de David Swensen foi o desenvolvimento da estratégia que batizou como Método de Yale. A metodologia consiste em dividir o capital disponível para investir em seis partes equivalentes, diversificando o portfólio ao usar cada uma delas em uma diferente categoria de ativo.

Alguns pontos chamaram a atenção no Método Yale. Em primeiro lugar, o conceito de diversificação das categorias de ativos. Além disso, Swensen e a sua equipe evitavam ativos com projeção de retorno muito baixa.

O que tornou a metodologia tão atrativa foi o uso de ativos então pouco populares entre os fundos de investimentos. Aos poucos, também buscaram vantagens como isenção fiscal.

O Método de Yale, claro, também gerou críticas. Especialmente quando as doações para a Universidade de Yale caíram. No entanto, apenas de olhar para os resultados obtidos no período em que liderou os fundos da instituição, inegavelmente Swensen e sua equipe foram bem sucedidos.

Preocupação com o meio ambiente

Ainda no contexto acadêmico, David Swensen também chamou atenção em 2014. Na oportunidade, ele se posicionou em relação às companhias que não mostravam qualquer tipo de preocupação com o aquecimento global ou o efeito estufa.

A recomendação de não investir nessas companhias foi bem relevante no mercado e mostrou, alguns anos atrás, uma preocupação ambiental que vem sendo crescente ao longo dos últimos anos também no contexto de investimentos no mercado financeiro.

Termo do dia

Esquema Ponzi

O que é o esquema ponzi? É chamado de Esquema Ponzi um modelo de esquema de pirâmide desenvolvido ainda na década de 1910 nos Estados Unidos,…