termos

Custo de Aquisição (em Seguros)

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:11/06/2021 às 02:22 - Atualizado 4 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O que é Custo de Aquisição?

Quando se pretende contratar um seguro, seja ele de vida, de automóveis, residencial etc., é comum que o cliente realize diversas pesquisas, a fim de encontrar a seguradora que lhe oferecerá o melhor custo/benefício. Dessa maneira, são observados tudo o que o segurado irá receber em caso de sinistro e, claro, o Custo de Aquisição. 

Em relação ao que a empresa seguradora tem a oferecer, haverá uma imensa variação, tendo em vista o tipo de seguro, ou seja, sua finalidade, e também características de cada instituição. Já os custos com os quais os consumidores devem arcar costumam apresentar fatores de variação similares entre as seguradoras.

Nesse sentido, é comum que os valores pagos na aquisição de um seguro sofram mudanças de acordo com o local em que reside o segurado, sua idade, condição médica, hábitos, entre outros. Esses aspectos terão valores diferenciados para a empresa a depender de sua área de atuação.

Como é calculado o Custo de Aquisição?

Interessa ao segurado saber que, no caso de um seguro veicular, por exemplo, os valores a serem pagos nas parcelas podem ser maiores caso ele more em uma região cujos índices de roubo de automóveis sejam considerados altos.

Além disso, fatores como o tipo de uso que se faz do carro, se ele passa a noite em uma garagem coberta e até mesmo a idade e o sexo do condutor serão determinantes para que se chegue a um valor final.

Para se calcular os Custos de Aquisição de um seguro, independentemente do tipo, é preciso saber a que tipo de cobertura o cliente quer ter direito. Em se tratando de seguros de vida, esse aspecto diz respeito, sobretudo, ao valor recebido em caso de morte ou invalidez do segurado.

Quais fatores provocam a variação da cotação?

Idade

É comum que o valor de um seguro de vida seja mais caro para pessoas mais velhas. Proporcionalmente, quanto mais novo o segurado, mais barata será sua apólice.   

Local de moradia

O nível de segurança apresentado pelo local onde mora o segurado afeta diretamente o valor do seguro. Quanto menores os índices de violência do local, menores serão os valores investidos.

Hábitos

O estilo de vida do cliente também é avaliado pela empresa que proverá o seguro. São observados fatores como tabagismo, uso de drogas, consumo de álcool, prática de esportes — se representam maior ou menor risco à saúde — etc.

Esses e outros aspectos podem servir de base para que as seguradoras estabeleçam os valores dos prêmios pagos por seus segurados, o que faz com que cada apólice tenha suas próprias características, principalmente em relação aos custos.

Qual o principal Custo de Aquisição em seguros?

Para quem está pensando em adquirir um seguro de vida, um seguro para o veículo, para a casa ou até para os objetos de menor valor, como um celular, é de suma importância ficar atento às particularidades de cada produto e também observar as próprias características, pois são elementos que influenciam nos preços das apólices.

Há valores que podem passar despercebidos pelo segurado, como as franquias, no caso de um seguro de veículo. Trata-se de um valor pago, além do valor mensal ou anual, em caso de sinistro. É necessário, portanto, fazer uma análise que considere os prêmios e o que o seguro cobre exatamente.

Em todos os casos, como previne o órgão que regula as atividades de corretagem de seguro, o SUSEP, deve-se ficar atento também às taxas pagas ao corretor. Existem situações em que ela é paga pelo contratante, o que seria mais um item determinante para se calcular o Custo de Aquisição. Segundo o órgão, isso deve estar expresso no contrato firmado pelas partes.

Sobre o autor
Equipe Mais RetornoA Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!