Logo Mais Retorno
termos

COO

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:16/10/2019 às 15:01 -
Atualizado 3 anos atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O que é COO?

COO é a abreviação mais utilizada para Chief Operating Officer. Em português, é comum que esse cargo seja tratado como Diretor de Operações dentro das empresas.

Como o nome já indica, esse é o profissional responsável por toda parte operacional do negócio. Ou seja, em outras palavras, ele é responsável pelo bom funcionamento das atividades empresariais.

Geralmente, devido à sua importância, o COO é considerado como braço direito do CEO — o cargo mais alto da hierarquia de uma empresa. Na teoria, no entanto, ele é mais um subordinado deste assim como outros diretores (Diretor de Marketing ou Diretor Financeiro, por exemplo).

Por essa característica, o Diretor Operacional costuma ser um substituto direto do Diretor Executivo. Com a proximidade do campo operacional, não é raro que esse profissional tenha até mais conhecimento do que o próprio presidente sobre o negócio como um todo.

Qual é a função de um COO dentro de uma organização?

 

Como você já viu, o COO é responsável por cuidar de toda estrutura operacional de uma empresa. Mas, afinal, o que isso significa na prática? Quais são as suas atribuições dentro do negócio? É o que você vai entender a partir de agora.

A presença do Diretor Operacional representa a responsabilidade de cuidar de toda questão operacional, deixando que o CEO foque suas energias em outros pontos mais estratégicos. Essa é, inclusive, uma das razões para considerar esse profissional como braço direito do Diretor Executivo.

O Diretor Operacional precisa, portanto, garantir que tudo funcione conforme o planejado dentro da empresa, especialmente no que se refere às rotinas do negócio e à produtividade como um todo.

Entendo as atividade de um COO

É claro que cuidar da operação é algo bastante amplo e complexo, pois empresas com esse tipo de cargo costumam ter cadeias produtivas complexas. Para que o entendimento seja mais simples, vamos entender um pouco mais do dia-a-dia desse profissional.

Em primeiro lugar, ele cuida do plano estratégico da empresa. Ou seja, enquanto o CEO propõe um caminho a seguir e estipula as metas da organização, cabe ao Diretor Operacional permitir que a estrutura atinja esses objetivos.

Não que ele não participe de decisões estratégicas. Muito pelo contrário: é uma participação ativa na discussão e elaboração das estratégias organizacionais. A diferença para o CEO é que, ao contrário deste, o COO fica mais próximo da execução do que foi traçado.

Além disso, podemos listar algumas outras atribuições práticas de um Diretor Operacional como:

  • Auxílio na contratação e formação dos times;
  • Liderança e motivação de áreas diversas dentro da empresa;
  • Suporte ao CEO com reportes de tudo que acontece na organização;
  • Acompanhamento de metas e objetivos;
  • Execução do planejamento estratégico;
  • Controle de qualidade de produtos e/ou serviços.

O que é exigido de um COO?

Para ser o Diretor Operacional de uma empresa, o profissional precisa ser altamente capacitado. Isso porque, como agora você já sabe, esse é basicamente o segundo cargo mais importante dentro da hierarquia organizacional.

São diversas habilidades e características desejáveis para o cargo. Por ser uma função estratégica, é preciso ter diversos atributos de liderança como capacidade de motivar e engajar colaboradores, na mesma medida em que é essencial entender sua subordinação ao CEO (e, principalmente, ser leal a ele).

Falando em CEO, a sinergia entre ambos precisa ser positiva para que uma organização possa atingir suas metas e objetivos. São dois cargos muito próximos e que não podem apresentar problemas de comunicação.

Além disso, claro, é preciso ter uma formação de alto nível, embora não exista um curso específico desejado. Diversas áreas de atuação podem se enquadrar como COO, desde que apresentem experiência e conhecimento para tal. É comum que administradores e engenheiros ocupem essa função.

 

Sobre o autor
Autor da Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!
Mais sobre