Última modificação em 19 de março de 2021

O que é Constant Mix?

Dentro do mercado financeiro existem diversas estratégias que podem ser utilizadas na gestão de um portfólio. Uma delas é o Constant Mix que, em tradução livre para o Português, representa "proporção constante".

Neste modelo, a sua carteira de investimentos é definida para o uso de uma alocação percentual dos ativos que deve ser respeitada ao longo do tempo. Isto é, há uma definição sobre percentuais de exposição a cada categoria que, periodicamente, deve ser ajustada.

Este modelo visa orientar previamente a exposição a cada produto do mercado financeiro de modo a equilibrar eventuais ganhos e perdas de acordo com o cenário econômico. Vamos entender melhor o Constant Mix a partir de agora.

Como funciona o Constant Mix?

A ideia central do Constant Mix consiste em ajustar o seu portfólio sempre que houver alguma variação expressiva sobre o seu patrimônio, de modo a manter a estratégia original da alocação de ativos.

O objetivo é que, de acordo com as variações que ocorram pelo mercado financeiro, você faça um ajuste da sua posição em cada produto de modo a equilibrar o risco e o retorno de acordo com o planejado anteriormente.

Podemos dizer, portanto, que se trata de um modelo de gestão mais ativo, em que os ajustes da carteira são mais frequentes do que estratégias que visam aguardar apenas os resultados.

Exemplo prático de aplicação do Constant Mix

Para que fique mais fácil de entender, vamos supor que você determine a aplicação do Constant Mix na alocação do seu capital. Para isso, definiu o seguinte direcionamento de ativos para o valor de R$100.000:

Agora suponha que, em determinado momento de alta do mercado financeiro, após seis meses as suas ações se valorizem em 30%, os seu fundos imobiliários apresentem uma alta de 12% e que os títulos de renda fixa ofereceram um lucro de 3%.

Neste caso, o seu patrimônio ficaria da seguinte maneira:

Veja que, por conta desses resultados, houve uma pequena alteração do seu plano inicial. O seu patrimônio estaria um pouco mais exposto às ações e aos fundos imobiliários do que você gostaria.

Portanto, a recomendação do Constant Mix é que você venda uma parte dos seus fundos imobiliários e ações para comprar títulos de renda fixa de modo a preservar a estratégia inicial de alocação.

Quais são as vantagens e desvantagens do Constant Mix?

A principal vantagem do Constant Mix é que, indiretamente, você estará cumprindo uma das principais regras para ser lucrativo no mercado financeiro: comprar ativos de renda variável na baixa e vender na alta.

Veja que, no exemplo dado, as suas ações se valorizaram bastante. Assim, ao invés de seguir comprando ativos de risco em um momento otimista (quando, em tese, eles estão mais caros), você os venderia. Da mesma forma, em momentos de baixa do mercado, a recomendação seria de compra.

Ou seja, você se torna mais agressivo em renda variável em momentos de incerteza, enquanto adota uma postura mais defensiva em momentos de alta. Isso é ótimo do ponto de vista estratégico, mas pode ser desafiador do ponto de vista prático, uma vez que exige uma atuação mais presente do investidor.

Ademais, nem todas as pessoas possuem coragem para comprar mais ações em um cenário de crise, algo que pode dificultar a aplicação do Constant Mix. Outro desafio está na definição de um horizonte temporal para balancear a carteira de investimentos. Não é necessário fazer os ajustes a cada semana, por exemplo.

Termo do dia

ISE – Índice de Sustentabilidade Empresarial

O que é ISE? O ISE – sigla correspondente a “Índice de Sustentabilidade Empresarial” – é um recurso utilizado para mensurar qual o nível de sustentabilidade que as…