Última modificação em 13 de abril de 2021

O que é Combination Matching?

No mercado financeiro, existem inúmeras estratégias que podem ser utilizadas visando o crescimento patrimonial. Quando duas ou mais delas são combinadas, ocorre o que chamamos de Combination Matching.

O intuito aqui é mesclar horizontes de vencimentos de modo a obter uma carteira equilibrada e que, com o conjunto de estratégias disponíveis, possa garantir o alcance dos objetivos financeiros.

Como toda estratégia de investimentos, a aplicação do Combination Matching traz suas vantagens e desvantagens aos investidores. Vamos conhecer um pouco melhor essa abordagem.

Como funciona o Combination Matching?

Como explicamos, o Combination Matching funciona com a possibilidade que temos para mesclar diferentes estratégias de investimentos. No mercado estrangeiro, ela é muito comum em termos de imunização ou fluxo de caixa de um portfólio. Mas como isso funciona na prática?

Bom, a estratégia de fluxo de caixa visa garantir o recebimento periódico de capital de modo que, com os recebíveis, seja possível garantir o pagamento de algumas contas. Assim, trata-se de uma forma de gerar entradas de dinheiro ao longo do tempo.

Já a imunização de portfólio consiste em investir pensando nas condições econômicas de mercado. Um dos fatores que devem ser analisados está na variação das taxas de juros. A depender do objetivo financeiro do investimento ou das taxas praticadas, podemos encontrar uma necessidade diferente para o investimento. Quanto menor a taxa, afinal, mais dinheiro deve ser aportado para um determinado retorno.

Ao usar das duas abordagens de investimentos para o longo prazo, um investidor estaria aplicando justamente o Combination Matching. Isto é, a mescla de duas abordagens distintas para o seu portfólio.

Eu posso aplicar o Combination Matching em ações?

Embora originalmente o conceito de Combination Matching esteja relacionado com a variação de imunização do portfólio vs. fluxo de caixa, nós podemos adequá-lo também para os investimentos no mercado acionário.

Quando falamos sobre renda variável, existem duas estratégias mais comuns entre os investidores. A primeira é a abordagem de dividendos, que consiste em aportar em grandes empresas, consolidadas e manter os papéis para usufruir dos lucros gerados pela companhia.

O outro método muito comum é a estratégia de crescimento. Aqui, o foco passa para empresas com potencial de crescimento, algo que pode gerar um "destravamento" de valor da ação e permitir a venda por um montante superior ao preço de compra.

Veja que, em tese, são investimentos com orientações distintas. Sendo assim, ao usar das duas abordagens nos seus investimentos em ações, você estaria de certa forma aplicando o conceito de Combination Matching.

Quais são as vantagens do Combination Matching?

O grande benefício da aplicação do Combination Matching está na redução dos riscos. Como você mescla diferentes tipos de investimentos, acaba por trabalhar com ativos de características distintas na sua carteira.

Em outras palavras, ainda que sem ter como objetivo central, o investidor acaba obtendo uma diversificação. Isso representa que, em cenários adversos para uma categoria, outros produtos do portfólio compensam a queda. E vice-versa.

Outro ponto positivo está no fluxo de caixa. Alguns investimentos são orientados para o longo prazo e exigem que o investidor aguarde o retorno do capital. Ao usar das abordagens distintas, ele conta tanto com rentabilidade, como também com liquidez na sua carteira.

Quais as desvantagens do Combination Matching?

Se por um lado a diversificação é uma vantagem do Combination Matching, há também uma divisão dos investimentos, algo que pode deixar o iniciante no mercado financeiro um pouco confuso sobre o que priorizar.

Além disso, há também uma maior necessidade de capital para geração de fluxos de caixa. Como nem todo dinheiro é disponibilizado para a mesma estratégia, pode ser mais desafiador obter os retornos necessários para o médio prazo.

Termo do dia

NCG – Necessidade de Capital de Giro

O que é NCG – Necessidade de Capital de Giro? A NCG – Necessidade de Capital de Giro – corresponde ao volume de recursos que determinada empresa precisa…