Última modificação em 26 de março de 2021

O que é o CFTC?

CFTC é uma abreviação para a Commodity Futures Trading Commission, a instituição responsável pela regulação dos mercados de futuros e opções dos mercados de commodities nos Estados Unidos.

Ela foi criada no ano de 1974, por meio de um decreto para regulação do mercado de commodities. Importante ressaltar que, embora gerada pelo governo, ela é uma agência independente.

Vamos conhecer um pouco mais sobre as suas atribuições e qual a sua importância para os mercados de capitais dos Estados Unidos.

Quais as atribuições da CFTC?

Como toda entidade reguladora de mercado, a CFTC possui atribuições que são essenciais para a sua manutenção de forma ética e saudável. Vamos ver algumas delas neste tópico.

O principal objetivo da entidade é, como não poderia deixar de ser, a manutenção de um mercado saudável, transparente e correto. Sendo assim, a sua primeira finalidade é impedir que existam negociações irregulares ou fraudes entre as negociações de contratos de commodities.

Ao mesmo tempo, é também responsabilidade da CFTC manter esses mercados em bom funcionamento, seja no que se refere às transações, mas também no sentido de gerar competitividade e atratividade aos investidores.

Podemos dizer, portanto, que a Commodity Futures Trading Commission é a grande guardiã do mercado de commodities, em especial para as operações de contratos futuros e contratos de opções.

Como funciona a CFTC?

A Commodity Futures Trading Commission é composta por cinco comitês, cada um deles liderado por um representante das áreas que compõem o mercado de commodities: agricultura, cooperação, energia, mercados globais e tecnologia.

Entre as pautas que chegam até a CFTC, as decisões devem ser tomadas levando em consideração todos os stakeholders (partes interessadas) no mercado como investidores, acionistas, consumidores e os impactos que podem surgir ao meio ambiente.

Qual é a importância da CFTC para a economia?

Vale lembrar que, mais do que simples ativos financeiros, as commodities refletem preços de mercadorias de extrema importância para a economia global como petróleo, minério de ferro ou soja, por exemplo.

Sendo assim, ao ter um mercado desregulado entre as commodities, o problema não é apenas para os contratos de opções e futuros dos seus investidores, mas sim para a economia como um todo.

Imagine, por exemplo, o preço do petróleo absolutamente desregulado e quais os impactos disso para os Estados Unidos em diversos âmbitos. É em função disso que a atuação da CFTC é vista como essencial entre as práticas de mercado.

A entidade tornou-se ainda mais importante após a Crise de 2008. Na oportunidade, a economia global foi fortemente prejudicada e ganhou importância a execução de um plano de proteção ao sistema financeiro, sobre o qual a CFTC tem papel vital.

Quais são as perspectivas para a CFTC?

Assim como é comum em diversos mercados, o crescimento de tecnologia e a passagem do tempo traz um cenário diferente para a Commodity Futures Trading Commission.

Sendo assim, a entidade precisa monitorar eventuais novidades do cenário atual econômico e quais serão os seus desafios na manutenção de um mercado de commodities saudável e competitivo.

Um dos pontos de atenção para os mercados está no surgimento de novos tipos de mercadorias, os quais ainda não possuem regras e uma regulação tão próxima quanto os produtos tradicionais. É o caso, por exemplo, das criptomoedas.

Essa entrada de novas commodities pode modificar por completo a economia global e os impactos da sua inclusão ainda não são claros. Sendo assim, cabe atuação da CFTC para supervisão próxima.

Mais uma vez, a entidade segue com papel vital na compreensão dessas novas mercadorias e como ela pode agir para evitar problemas em relação ao mercado.

Termo do dia

Produtividade

O que é Produtividade? Produtividade é o fator que determina o quanto um processo é eficiente. Dito de outro modo, é o resultado alcançado dados os…