CFG (Certificação ANBIMA de Fundamentos em Gestão)

Última modificação em 29 de Julho de 2021 às 04:20

O que é CFG?

A CFG (Certificação ANBIMA de Fundamentos de Gestão) é destinada para os profissionais que pretendem atuar no setor de recursos de terceiros. Antigamente, para atuar exclusivamente como gestor de fundos, era preciso ter a CGA, no entanto, essa é uma certificação conhecida pela sua complexidade — já que demanda, ao menos, uma graduação por parte do profissional e duas etapas de avaliação.

A ANBIMA, então, resolveu facilitar a dinâmica para os profissionais que desejam migrar para a gestão de recursos de terceiros e criou a CFG. Dessa forma, ela funciona como uma porta de entrada para o profissional no segmento.

Como a prova da CFG funciona?

Para conseguir a certificação de especialista em Fundamentos de Gestão, o profissional precisará se submeter a uma prova realizada pela própria ANBIMA. Diferentemente da avaliação da CFA, a da CFG é feita em apenas uma parte — e não em duas. Para conseguir a aprovação, é necessário o equivalente a 70% de acertos, o que representa um total de 42 questões acertadas das 60 contidas na prova.

O teste tem duração de 180 minutos, ou seja, 3 horas, e aborda 12 assuntos principais. São eles:

  • Finanças Comportamentais;
  • Alocação de Ativos;
  • Ética e Autorregulação;
  • Finanças Corporativas;
  • Análise de Relatórios Financeiros;
  • Economia;
  • Métodos quantitativos;
  • Mercados e Instrumentos Financeiros;
  • Política de Investimento;
  • Legislação e Regulação;
  • Teoria Moderna de Carteiras e Modelos de Precificação de Ativos;
  • Novas tecnologias em Finanças.

Aqui, é importante pontuar que mesmo que todos os assuntos sejam importantes não só para a avaliação em si, mas para a vida profissional de cada um que for fazer a prova, alguns deles têm um peso maior no resultado que os outros. A Alocação de Ativos, por exemplo, tem um peso de 13 a 17%. Já Finanças Comportamentais varia de 3 a 7%.

Em quais cargos um profissional com a CFG pode atuar?

Alguns segmentos, cargos e profissões específicas demandam certo grau de conhecimento e, por isso, só disponibilizam vagas para profissionais que possam comprová-lo por meio de certificações. Por esse motivo, é importante conhecer os cargos que alguém certificado com o CFG pode — e quais não pode — atuar.

Um dos pontos que os profissionais precisam se atentar é que, por ser uma certificação mais introdutória e simples para o mercado de fundos de investimento, a CFG não possibilita, efetivamente, que quem tenha o certificado atue como um gestor de fundos. No entanto, já torna possível que seja empregado em cargos mais altos relacionados à gestão de terceiros e aos próprios fundos em si.

Outro ponto bastante importante é que o CFG é um certificado que serve de pré-requisito para outras certificações, como o próprio CGA. Isso acontece porque os assuntos relacionados a elas são mais densos, mais técnicos e mais profundos e, por isso, o profissional precisa atestar que tem domínio dos assuntos mais simples primeiro para depois se aprofundar e conseguir trabalhar, de fato, na gestão de fundos.

Qual é a validade da CFG?

A validade de qualquer certificação da ANBIMA sempre foi um ponto que deixou vários profissionais em dúvida e com a CFG não é diferente. Isso se dá por conta do dinamismo do mercado financeiro e o fato da agência precisar realizar todo um sistema de atualização para a reciclagem dos conhecimentos que são necessários para que quem tem o certificado possa continuar atuando como gestor de recurso de terceiros.

Sendo assim, a CFG conta com a validade de 3 anos a partir da data em que o profissional foi aprovado no exame. Depois disso, é necessário fazer uma atualização antes da data de vencimento para que ela seja válida por mais 3 anos. Só é possível consegui-la por meio de um curso online oferecido pela própria ANBIMA. Depois que ele for concluído, a certificação será renovada automaticamente.

Existe, porém, uma ressalva nesse contexto em relação a CFG. O seu vencimento sempre acontecerá na mesma data da CGE ou da CGA, caso o profissional também seja habilitado em alguma delas. Dessa forma, quando acontecer a atualização da certificação de maior acontecer, a CFG também será atualizada de forma automática.

Efeito Disposição

Efeito Disposição

O que é o Efeito Disposição? Efeito disposição (ou Disposition Effect, em Inglês) é o nome dado a um tipo de viés cognitivo, aplicado especificamente aos...

  CONTINUAR LENDO

Glossário de Finanças e Investimentos

Pesquise a(s) palavra(s) navegando pelo alfabeto abaixo