Última modificação em 25 de maio de 2021

O que é cartão de débito?

Um cartão de débito é uma forma de pagamento que deduz o dinheiro diretamente da conta corrente do consumidor quando é utilizado. Ele pode ser utilizado de inúmeras formas, tanto para comprar produtos e/ou serviços quanto para obter dinheiro em um caixa eletrônico.

Geralmente, ele nada mais é que um pedaço retangular de plástico, semelhante a qualquer outro tipo de cartão. Ele está diretamente vinculado à conta corrente do usuário em um banco ou outra instituição financeira. A quantidade de dinheiro que pode ser gasta por meio dele está diretamente ligada à quantidade de fundos disponíveis na conta no momento da utilização.

Como o cartão de débito funciona?

Como dito anteriormente, o cartão de débito pode ser utilizado para fazer compras ou para sacar dinheiro em caixas eletrônicos da própria instituição bancária ou nos terminais 24 horas. Atualmente, eles são disponibilizados vinculados à uma bandeira — como Visa, Mastercard, Elo, entre outras — e são oferecidos automaticamente com a abertura de uma conta corrente.

Independentemente da finalidade para qual é utilizado, o cartão de débito funciona da mesma forma: ele retira os fundos da conta de forma imediata. Isso significa que sua utilização fica restrita ao montante que está disponível no momento da compra, o que limita os gastos de certa forma.

Em geral, os cartões de débito não custam nada a mais, ou seja, não existem taxas anuais de adesão ou sequer taxas de adiantamento em dinheiro. No entanto, pode acontecer de uma pequena taxa ser cobrada caso um saque seja feito em um terminal que não seja afiliado ao banco que o emitiu — como acontece com os caixas 24 horas.

Quais são as vantagens e desvantagens do cartão de débito?

A maior vantagem em relação ao cartão de débito é o controle financeiro que ele oferece. Não é possível utilizar crédito para fazer as compras e, se o portador não tiver a quantia suficiente, a transação não é aceita. Outro benefício é que ele é, consideravelmente, mais seguro que o dinheiro em espécie.

Os cartões de débito são mais fáceis de serem aprovados mesmo que o usuário tenha um histórico de crédito ruim. Contanto que o banco permita que a conta seja aberta, ele é gerado automaticamente — e não é preciso solicitá-lo, como os de crédito.

Por outro lado, o cartão de débito geralmente não oferece tantas vantagens ou sequer tem tantas proteções contra fraudes quanto o cartão de crédito. Se um ladrão conseguir entrar em uma conta bancária e retirar os fundos, o dinheiro é perdido imediatamente e pode ser mais difícil conseguir o reembolso.

Qual a diferença entre o cartão de débito e o cartão de crédito?

Uma das maiores diferenças entre o cartão de débito e o de crédito é que, na primeira opção, os gastos excessivos são dificultados, já que o portador está limitado a utilizar somente o valor disponível na sua conta corrente. Com o crédito, o risco de gastar além das possibilidades é muito grande.

Os cartões de débito, por sua vez, oferecem praticamente as mesmas conveniências que os de crédito sem que seja necessário pedir dinheiro emprestado à instituição responsável ou pague juros — ou qualquer outra taxa — no momento das compras. A escolha dessa opção é ótima para administrar o dinheiro e as economias e ajuda no alcance de uma vida financeira mais saudável.

Já o cartão de débito pode oferecer seguro adicional nas compras e pode facilitar a solicitação de devolução ou reembolso do valor. Além disso, pode ajudar em casos de emergência e oferecem um mês inteiro para levantar o dinheiro antes do vencimento da fatura. Essa rede de segurança pode ser útil caso seja necessário pagar por algo grande antes de receber os pagamentos do mês. É importante, nesses casos, utilizá-lo com inteligência.

Termo do dia

Fundo Long & Short

O que são fundos Long & Short? Fundos Long and Short são fundos de investimento multimercado que executam operações com a compra e venda de dois…