Última modificação em 25 de novembro de 2020

O que é carrier?

Carrier é a designação para uma pessoa ou empresa que transporta outras pessoas ou mercadorias. Geralmente, se anuncia como disponível para fazer esse transporte para qualquer lugar que quem aluga seus serviços especificar mediante o pagamento de uma taxa. Esse termo também pode ser utilizado para descrever serviços públicos e de telecomunicação.

Uma carrier (também chamada de common carrier — transportadora comum, em livre tradução) fica estritamente responsável pelas mercadorias que forem perdidas ou danificadas. As exceções para esses casos podem incluir falha ou fraude do remetente, defeito nos itens transportados, ato de inimigos públicos ou da natureza.

Como funciona uma carrier?

A origem do termo está, como é de se esperar, no transporte. Algumas carriers funcionam ao fazer o transporte de mercadorias para outras empresas, enquanto outras fornecem o transporte para o público no geral. Empresas que se encaixam nessa descrição incluem taxis, serviços de remoção de lixo, serviços de reboque, correios e serviços de transporte rodoviário.

Geralmente, uma carrier fornece seus serviços a qualquer pessoa que esteja disposta a pagar suas taxas — a menos que a empresa tenha bons motivos para recusar. É preciso frisar que, para funcionar corretamente, pode ser que seja exigido que se obtenha uma licença para poder trabalhar de forma legal no território em que opera.

As empresas de carrier também podem enfrentar mais regulamentações — estaduais e interestaduais — e ainda mais inspeção por parte do Governo do que outras empresas. O motivo é simples: porque elas fornecem serviços essenciais ao público e, em alguns casos, com pouca ou mesmo nenhuma competição.

Quais são os tipos de carrier?

Além da common carrier, existem mais dois tipos de possibilidades de transporte com diferenças entre si. A seguir, listamos quais são eles.

Private carrier

Uma private carrier (ou transportadora privada) é uma empresa que utiliza veículos próprios no transporte de suas mercadorias. Como a sua atividade principal não é o transporte dessas cargas, não busca transportar mercadorias de outros negócios — como a common carrier faz.

O método de transporte mais comumente associado às private carriers são os caminhões semirreboques — embora empresas grandes também operem sua própria frota de aeronaves, navios ou vagões de trem. A composição dessa frota está diretamente ligada ao tipo de mercadoria comercializado pela empresa e dos destinos aos quais seus produtos são enviados.

Free carrier

O free carrier é um termo comercial utilizado para determinar quando o vendedor é responsável pela entrega das mercadorias em um local especificado pelo comprador, mas não o faz para o seu destino final. Nesses casos, a empresa em questão tem a obrigação de entregar os produtos no local onde a transportadora parceira opera, ou até mesmo em algum terminal de embarque ou aeroporto.

Nesse tipo de transação, o vendedor inclui os custos desse transporte no preço final do produto e se responsabiliza pelo produto até que a transportadora o receba. A partir daí, o comprador assume toda a responsabilidade por ele.

Quais são as responsabilidades de uma carrier?

Uma carrier, como dito anteriormente, oferece seus serviços ao público sob a surpervisão de um órgão regulador que trabalha junto a empresa para estabelecer padrões de segurança — e outras preocupações relacionadas aos passageiros ou a carga transportada. Sejam elas regulamentadas ou não, precisam exercer o mais alto grau de cuidado e muita diligência na segurança do que estiver transportando.

Também é de responsabilidade de uma carrier avisar seus passageiros sobre condições potencialmente perigosas. Caso o aviso não seja feito, a empresa pode enfrentar ações judiciais. Como exemplo, é possível citar a responsabilização de uma companhia aérea pelos ferimentos de um passageiro se o piloto não acender o sinal de apertar o cinto de segurança após notar uma turbulência.

Acidentes com carriers são relativamente incomuns, mas podem acontecer a qualquer momento. Por isso, sem os cuidados necessários, uma empresa que se encaixa nessa descrição pode ser processada por deixar de cumprir uma regulamentação específica ou por deixar de exercer o cuidado que seriam esperados de uma operadora razoavelmente cuidadosa.

Termo do dia

Downside

O que é downside? O downside é o movimento negativo no preço de um setor, segurança ou mercado. Ele também pode se referir às condições econômicas, descrevendo períodos…