Última modificação em 2 de junho de 2021

Quem é Carlos Woelz?

Carlos Woelz é o sócio fundador da gestora de investimentos Kapitalo, companhia voltada para fundos multimercado e negócios de longo prazo.

Formou-se em administração de empresas no ano de 1994, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Na época, iniciou sua carreira no setor financeiro através do Banco BBM, fundado em 1858, trabalhando como estagiário.

Com um talento notório para gestão financeira, foi evoluindo de cargo: tornou-se gerente de contas e, no ano seguinte, operador da mesa de investimentos da instituição financeira. Em 2003, tornou-se responsável pela tesouraria do banco.

Tais funções proporcionaram a Carlos bastante aprendizado e experiência para atuar no ramo financeiro tanto em âmbito nacional, quanto internacional. Qualquer operação do BBM com outros países era feita através de sua intermediação.

Em 2005, Carlos Woelz se tornou diretor estatutário da instituição - posição que permaneceu até a sua saída, em 2009, para fundar a Kapitalo. Ao todo, Carlos tem atuado na área há mais de 25 anos!

BANCO BBM

O Banco BBM foi fundado no ano de 1858, em Salvador. Na época, se chamava Banco da Bahia, e sua principal linha de atuação era com o fornecimento de crédito para agricultores brasileiros.

Apenas 1 ano depois de sua fundação, o Banco da Bahia se tornaria o primeiro a emitir papel-moeda. Em 1973, decidiu dedicar-se também ao segmento de atacado, tornando-se um banco múltiplo.

No ano de 1998, mudou o nome para Bando BBM S.A. Mais tarde, em 2015, os acionistas do Bank of Communications (BoCom) tornaram público o desejo pela parceria entre ambas as instituições financeiras.

O Bank of Communications foi fundado em 1908, na China. Foi considerado um dos maiores bancos comerciais, principalmente por possuir o objetivo de impulsionar as operações industriais do país.

Finalmente, em 2016, o BoCom comprou cerca de 80% das ações do Banco BMM, dando origem ao Banco BOCOM BBM S.A.

Como Carlos Woelz ganhou notoriedade no mercado financeiro?

Sua trajetória pelo Banco BBM foi, de fato, bastante satisfatória. Contudo, Carlos ganhou notoriedade no mercado financeiro quando decidiu comandar a própria gestora de investimentos.

A Kapitalo Investimentos foi fundada a partir da parceria de Carlos Woelz com João Carlos Távora Pinho. O foco da companhia são os investimentos de longo prazo e, além disso, os próprios sócios investem parte de seu patrimônio no mesmo fundo que seus clientes, sendo essa uma característica bem marcante da empresa:

"Desde sua fundação, em 2009, o patrimônio dos sócios está alocado nos mesmos fundos dos seus clientes, demonstrando aos investidores seu intrínseco comprometimento com a busca de melhores resultados".

Ao todo, a Kapitalo trabalha com seis tipos de fundos diferentes: Kappa, Zeta, Alpha Global, Tarkus, K10 e Gaia. 

O Kappa é um fundo multimercado criado em 2010, administrado pela BEM DTVM e custodiado pelo Banco Bradesco S.A. O Zeta possui as mesmas características, com diferença apenas na volatilidade do capital investido nesse fundo.

O Alpha Global é um fundo multimercado criado em 2017, administrado pela BEM DTVM e custodiado pelo Banco Bradesco S.A. O Tarkus possui as mesmas características, com exceção do seu principal foco, as ações livres.

O Alpha Global é um fundo multimercado criado em 2018, administrado pela BEM DTVM e custodiado pelo Banco Bradesco S.A. Por fim, o Gaia possui as mesmas características, mas foi criado em 2020.

É possível obter informações mais detalhadas sobre cada um dos fundos, além de muitos outros assuntos, na plataforma digital da Kapitalo Investimentos: www.kapitalo.com.br.

Termo do dia

Fundo Long & Short

O que são fundos Long & Short? Fundos Long and Short são fundos de investimento multimercado que executam operações com a compra e venda de dois…