Captação

Última modificação em 19 de Julho de 2021 às 02:23

O que é captação?

A captação de recursos financeiros consiste em um conjunto de processos e estratégias que visam mobilizar e levantar um certo capital para financiar operações de uma empresa. Seja para otimizar projetos ou para socorrer um negócio em épocas de crise, esse montante é considerado como uma aquisição estratégica.

Essa prática nada mais é, então, que buscar aporte para atender a um propósito específico dentro do negócio. A ideia pode até parecer simples, mas executar toda essa operação pode não ser uma tarefa das mais fáceis. Por esse motivo, o empreendedor e o gestor precisam estar preparados.

Qual é a importância da captação de recursos?

A captação de recursos é uma das partes mais essenciais para que qualquer negócio prospere. Quando o gestor ou mesmo o próprio empreendedor decide recorrer aos investimentos de terceiros, ele aplica todo esse capital recebido com o objetivo de fazer a empresa crescer ainda mais.

Para as instituições que ainda têm recursos financeiros mais escassos ou que são iniciantes no mercado financeiro, a captação é ainda mais essencial. Isso porque é por meio dela que será possível tanto estabilizar o fluxo de caixa do negócio quanto investir nas melhorias necessárias.

Antes de começar a buscar por investimentos, porém, o empreendedor precisa entender que a empresa terá que passar por estágios de consolidação antes de procurar por investidores para o seu negócio. Quando a instituição já estiver com todos os produtos e serviços planejados e testados no mercado, esse é o melhor momento para implementar a fase de operação. Nela, os responsáveis já terão em mãos uma empresa que consiga lidar com os investidores e todas as suas demandas, assim como conseguir saber quais são os setores que mais precisam de atenção.

Quem pode procurar por captação de recursos?

Seja para desenvolver novos projetos, comprar novas tecnologias ou equipamentos, estruturar medidas emergenciais ou para aumentar o capital de giro, a empresa precisará de certo aporte monetário. Além disso, se quiser adquirir uma participação societária, abrir novas filiais, expandir as atividades gerais e diversas outras operações, o investimento também será necessário.

Quando essas aplicações extrapolam o planejamento ou a situação da empresa chega em um ponto em que uma intervenção externa para manter a sua sobrevivência econômica é necessária, a captação de recursos passa a ser uma medida essencial. Ela pode ser buscada por negócios de todos os tamanhos e segmentos, independentemente da sua localização ou carência. O que muda são as formas de captar o necessário e as suas condições.

De uma maneira mais simples de ser explicado, a diferença está no porte da instituição credora, na linha de crédito, nos prazos e carências, na taxa de juros anual, no tipo de operação, na porcentagem de participação e outros derivados. Como as opções são diversas, é muito importante conhecer as particularidades de cada uma delas para que, assim, seja possível entender as responsabilidades atreladas. Somente dessa forma o gestor conseguirá uma solução compatível e adequada com a realidade do negócio.

Quais são algumas das formas de fazer captação de recursos para uma empresa?

Uma das formas mais simples de captação de recursos para uma empresa é a do crédito próprio. Isso porque, segundo uma lógica bastante simples, se o empreendedor não investir no seu próprio negócio, como pode esperar que outra pessoa invista? Ter esse crédito disponível, porém, depende de uma variedade de circunstâncias e, por isso, é uma maneira de captar mais voltada para negócios maiores ou mais sólidos.

O investimento de membros da família ou de amigos pode ser uma opção pouco atrativa, porém é uma das maneiras mais interessantes de conseguir o investimento. Isso porque livra o empresário de diversas burocracias típicas. O que nos leva à próxima maneira de fazer captação de recursos, que são os empréstimos em bancos e credores tradicionais. Essa é a maneira mais comum de conseguir esse investimento em que essas instituições emprestam o valor solicitado para empresas que estejam em condições favoráveis — como ter bom score de crédito e não estar com o nome sujo na praça.

Glossário de Finanças e Investimentos

Pesquise a(s) palavra(s) navegando pelo alfabeto abaixo