Última modificação em 25 de fevereiro de 2021

O que é Cap Table?

O termo Cap Table é uma abreviação de Capitalization Table, que em Português significa "tabela de capitalização". Essa tabela demonstra quais são os acionistas de determinada companhia e quanto cada um deles tem investido no negócio.

É uma demonstração bem detalhada, utilizada principalmente por startups  - empresas que estão se consolidando no mercado e precisam do incentivo financeiro proporcionado pelos acionistas em questão.

Através da Cap Table, é possível que a startup saiba redirecionar os lucros com maior precisão aos seus investidores, quando o negócio finalmente estiver caminhando e ganhando espaço entre diversas redes comerciais.

Como uma Cap Table pode ser desenvolvida?

A Cap Table pode ser desenvolvida de maneira simples, contando com o auxílio de softwares específicos, ou não. A questão de maior relevância é que, por se tratar da contabilidade da empresa, espera-se que um profissional habilitado na área seja responsável por essa tabela.

Na tabela podem - e devem! - haver dados como a quantidade de acionistas a cada rodada de investimento, qual a porcentagem que cabe a cada um deles receber, quem são os sócios da empresa, valor total do patrimônio, quanto ainda pode ser convertido em ações futuramente e assim por diante.

Ou seja, todo e qualquer dado que diga respeito aos investimentos que sejam feitos na empresa!

Vale esclarecer que a Cap Table não é como um balanço patrimonial, pois não demonstra passivos e ativos da companhia. Essa tabela é uma ferramenta bem específica, com uma finalidade única de organizar a contabilidade competente aos investidores do negócio.

Por que a Cap Table é importante?

A princípio, relacionar em uma tabela os acionistas e suas respectivas porcentagens sobre os lucros do negócio pode parecer uma ação desnecessária. Entretanto, a longo prazo pode ser uma estratégia de grande valia.

Isso porque, os investimentos nem sempre são fixos. Ou seja, eles podem mudar de acordo com cada rodada em que a empresa expor parte do seu patrimônio como ações na Bolsa de Valores.

Num primeiro momento é possível saber quais são os acionistas e quanto compete a cada um deles. Porém, ao longo de 6 meses, 1 ano, 2 anos e assim por diante, novos investidores podem surgir, assim como a porcentagem de dividendos pode ser modificada.

Resumindo, a Cap Table é importante por um questão de organização contábil, conforme falamos anteriormente. Ela expõe dados de maneira objetiva, possibilitando aos sócios da companhia uma visão mais clara e assertiva sobre os investimentos realizados no negócio.

O objetivo principal dessa ferramenta é evitar problemas futuros com os investidores, a fim de manter a saúde financeira da empresa o mais estável possível, além de cumprir com os direitos e garantias prometidos aos acionistas.

A Cap Table é uma exclusividade das startups? 

Não! É comumente mais utilizada por novas empresas do mercado, mas não são exclusividade delas. A Cap Table é uma ferramenta disponível a todos que desejarem utilizá-la.

A questão das startups é que, por estarem buscando um espaço no mercado, dependem muito mais de investimento do que outras empresas já consolidadas.

Em razão dessa necessidade, acabam abrindo seu patrimônio na Bolsa de Valores mais de uma vez, ou recebem o investimento de outras empresas interessadas no negócio. Pra dar conta de organizar tudo isso, os sócios contam com o auxílio da tabela de capitalização.

Termo do dia

Rebranding

O que é Rebranding? O rebranding corresponde a um processo de renovação, onde uma marca passa por transformações a fim de se adequar a um novo…