Última modificação em 12 de janeiro de 2021

O que são Business?

Business - ou "negócios" em Português - são empresas de diversos setores da economia administradas por pessoas que utilizam recursos financeiros com a finalidade de oferecer um produto ou serviço às pessoas.

O consumo de produtos e serviços gerados pelos negócios faz com que o capital circule entre várias camadas da sociedade e faça com que a economia se mantenha funcional.

Em suma, business são o que fazem a economia de mercado funcionar através de sua autorregulação.

Assim, se os negócios vão bem para todos os setores, a economia está saudável. Seja essa economia a de um município, estado, país ou até mesmo do mundo. Por outro lado, se qualquer setor de business não tem um bom desempenho, a economia tende a sofrer impactos negativos.

Podemos pensar, por exemplo, nos negócios que dependem diretamente do setor agrícola para entender essa dinâmica. Frequentemente, os períodos de estiagem tornam quase impossível a produção de certos alimentos.

Quando esses alimentos faltam ou demoram a chegar aos supermercados, a tendência é que seu preço aumente e isso pode diminuir o consumo das famílias, que não estavam preparadas para uma alta de preços.

Em alguns casos, a escassez de certos produtos pode gerar ações estatais no sentido de conter o impacto negativo. Mas são sempre os negócios que dão o tom do mercado.

Assim, através da oferta e da demanda, os business vão regulando o mercado e a economia de forma geral.

Quais são os tipos de Business?

Podemos pensar os negócios a partir de setores da economia, de tipo de produtos ou serviços que oferecem e até mesmo de acordo com seu tamanho.

Aqui, vamos pensar neles do ponto de vista dos setores da economia. Se tratando de setores da economia, os negócios podem fazer parte de três: primário, secundário e terciário.

No setor primário se encontram negócios de base, como agricultura, extrativismo, pecuária e mineração. Tudo o que é desenvolvido no setor primário é a matéria-prima que será transformada para ser vendida como bens ao final da cadeia produtiva.

É no setor secundário que vemos a transformação de toda a matéria-prima extraída no setor primário. Aqui se encontra a construção civil e a indústria de transformação, desde a indústria de alimentos até a de aeronaves.

Por fim, no setor terciário se encontram os negócios que irão vender os bens produzidos pela indústria de transformação ou usá-los para oferecer serviços. No terceiro setor estão os comércios de todos os tipos e tamanhos, serviços e transporte.

Cada tipo de business diferente está de algum modo ligado com outro, o que pode gerar impactos positivos e negativos.

Para quem são os Business?

Se perguntar para quem são os negócios ou qual o objetivo deles parece sem sentido, dado que já explicamos o que são os negócios e como eles se relacionam e regulam a economia.

Contudo, esse é um questionamento relevante, pois os conceitos em economia são criados e debatidos por estudiosos da disciplina. Assim, é importante compreender o conceito sob a ótica de quem o conceitua.

Para Peter Drucker, considerado o pai da administração moderna, os negócios são para as pessoas.

Segundo Drucker, um negócio não tem que ser embasado na ideia de lucro, mas na ideia de que só se faz negócios para pessoas que irão consumir bens e serviços.

Do mesmo modo que o objetivo final do business é alcançar pessoas, a gestão dele também é feita por pessoas. A consequência disso é que a economia não é meramente movimentada por forças abstratas da economia, mas por quem rege os negócios.

A economia é movimentada por pessoas, sendo assim, podemos concluir que os negócios existem por elas, para elas e porque as elas os fazem existir.

Termo do dia

Aposentadoria Integral

O que é Aposentadoria Integral? Aposentadoria Integral é o benefício recebido sem descontos. Um erro comum é acreditar que a aposentadoria integral corresponde a 100% do…