Última modificação em 28 de junho de 2021

O que é bearish?

Bearish é um termo que indica o comportamento do mercado quando ele está em alta, no qual os investidores tentam fazer mais vendas do que compras.

“Bear”, em inglês, é urso. Richard Steele, um editor de jornal do século XVIII foi quem fez a primeira associação do ataque de um urso, que é de cima para baixo, ao mercado. 

Inclusive, a contraposição do urso é o touro, bull, que ataca de baixo para cima, com os seus chifres.

A terminação “ish”, do inglês, é um sufixo que indica qualidade. 

Então, por exemplo, quando algo é de criança (child), é childish. Da mesma forma, um sentimento bearish nos investidores ou uma tendência bearish, é aquela representada pelo urso, de alta.

O que é bearish engulfing?

A principal aplicação desse conceito ocorre no Trading. Diariamente, no book de ofertas, você pode presenciar a briga entre touro e urso, isto é, a venda e a compra de ativos.

Logo, quando você detecta um 'mercado de urso', é interessante adotar estratégias que condizem com ela. O jeito mais fácil de não errar nas operações é ir a favor dos movimentos dos grandes players. 

Bearish engulfing, ou engolfo de baixa, é exemplo disso. A técnica representa um padrão de baixa sinalizando a reversão de um movimento de alta. No gráfico, aparecem duas velas com cores distintas. 

Em linhas gerais: sempre que o trader, em sua análise técnica, detectar um engolfo de baixa, ele provavelmente vai aproveitar a oportunidade e vender o ativo em tendência de baixa (bearish).

Qual a diferença entre bearish e bullish?

No bearish, de modo geral, ocorre:

Todas essas características acontecem, no geral, quando há um abalo econômico recente, aumento do desemprego, mais endividamento, aumento na taxa de juros e inflação. 

Essas mudanças podem desencadear uma queda de mais de 20%, da alta anterior, o que sinaliza a tendência bearish.

Já quando o mercado se comporta como um touro, ou seja, partindo da baixa e entrando na alta, em bullish, tem-se este cenário:

Isso tudo é, normalmente, acompanhado de redução no desemprego, queda da inflação e aumento do PIB (Produto Interno Bruto) do país. 

No entanto, vale a recomendação de ter consciência na compra das ações. A história nos ensina que, quase sempre que há muitas compras, há chances de formação de bolhas financeiras.

Como o investidor holder pode aproveitar períodos de bearish?

Não apenas os traders e especuladores podem tirar proveito desse comportamento do mercado, como os investidores de longo prazo também.

No bearish, a grande massa de investidores está pessimista. Quando você não vai com a massa e mantém seus ativos, em vez de vendê-los, você se prova firme nos princípios e tem mais chance de retorno mais a frente.

E mais: é a melhor hora de fazer value investing, que é investir em negócios com potencial de valorização, filosofia esta seguida por Warren Buffet e Benjamin Graham.

Mas por que é melhor guardar do que vender os papéis?

Porque o mercado é cíclico. Assim, quando o mercado, que está em bearish, entrar em bullish, quem vendeu pode ou não tomar prejuízo. 

Momentos bearish no Brasil

É possível identificar alguns cenários claros de baixa na história, como o fim do milagre brasileiro, na década de 70 a 80.

Depois do Regime Militar, que havia sido acompanhado por muitos empregos e prosperidade, o “milagre brasileiro”, o país viveu um pessimismo e uma queda de 81,32% no Ibovespa.

O urso prevaleceu em outros momentos, corroborando com a ciclicidade do mercado, e o último bearish foi entre 2008 e 2016, devido à crise americana. 

Termo do dia

Ad Valorem

O que é Ad valorem? Ad Valorem é uma expressão latina, cujo significado literal é “conforme o valor”. Essa expressão é, em geral, usada no contexto…