Logo Mais Retorno
termos

Baby Boomers

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:17/03/2020 às 11:09 -
Atualizado 2 anos atrás
Compartilhe:

O que é a Geração dos Baby Boomers?

Baby Boomers é o nome dado a uma faixa geracional específica, composta por pessoas nascidas a partir de meados dos anos 1940 e meados dos anos 1960. Elas são assim conhecidas por compartilharem um conjunto de experiências típicas de quem nasceu e cresceu neste período, o que não as obriga a concordar com absolutamente todas as características apontadas como sendo comuns aos Baby Boomers.

Na análise das gerações, os Baby Boomers são aqueles que sucedem a chamada Geração Silenciosa e precedem a Geração X.

Entre alguns dos eventos históricos, culturais e sociais que as pessoas da Geração dos Baby Boomers partilharam estão: 

  • O fim da Segunda Guerra Mundial;
  • A Guerra Fria;
  • O movimento hippie e beat;
  • A idade de ouro da televisão, com a sua consolidação como importante meio de comunicação em massa;
  • O desenvolvimento da indústria de cosméticos, influenciado pelo desenvolvimento econômico em parceria com as estrelas femininas de televisão;
  • O plano 50 anos em 5 de Juscelino Kubitschek, no Brasil;
  • A criação da Comunidade Econômica Europeia.

Por conta desses eventos, os Baby Boomers são vistos como uma geração menos socialmente responsável e mais interessada em ganhos de capital do que as gerações que os sucederam. Embora marcada por movimentos de contracultura como o hippie e o beat, o envelhecimento dessa população foi marcada por uma maior tendência ao conservadorismo. Economicamente, o período permitiu que os trabalhadores viveram uma vida sem luxo, mas sem grandes dificuldades.

Atualmente, os Boomers estão entrando na terceira idade, se aposentando ou se preparando para tal. As tendências de natalidade nos próximos anos os colocam como uma parcela importante da sociedade, que irá superar em tamanho a população jovem. Isso faz com que o número de produtos e serviços voltados para os mais velhos cresça, visando consumidores que viverão e consumirão mais.

Falando em consumo, é de suma importância que entendamos como a geração dos Baby Boomers impacta hoje a economia. Afinal de contas, logo ela se tornará uma importante parcela econômica. E é justamente para tratar dessa questão que preparamos o tópico a seguir. Vamos lá?!

Qual é o impacto da geração dos Baby Boomers sobre o consumo e a publicidade?

"Economia grisalha": esse é o termo usada para designar o papel dos Baby Boomers na economia atualmente. Entregas em domicílio, produtos que dão mais autonomia aos idosos, acessórios para apartamentos e casas como barras de apoio... 

Contudo, pesquisas indicam que o aumento da aposentadoria resulta na diminuição da renda média de alguns países, o que representa um novo desafio.

A Universidade de Cincinnati é uma das pioneiras em estudar a forma como os idosos de hoje (os Baby Boomers) consomem. Corporações como a Procter Gamble Co patrocinam as pesquisas com o objetivo de identificar a melhor maneira de construir produtos e serviços ideais para o grupo, sem com isso reforçar a imagem de "velho" que algumas peças publicitárias passam de forma não intencional e que criam uma barreira de compra.

Contudo, é importante não generalizar e entender as demais características que afetam o consumidor. Questões de contexto, como a classe econômica ao qual aquela pessoa pertence, podem diferenciá-la de seus "colegas de geração". Assim, as empresas precisam tomar cuidado para que o tiro não saia pela culatra e o seu real público-alvo não seja totalmente impactado por sua mensagem, simplesmente porque sua individualidade não foi respeitada. Mesmo geração, sim. Clones? Não.

Sobre o autor
Autor da Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!