Empresa

A Natura &Co reverteu o prejuízo de R$ 392,91 milhões registrado no segundo trimestre do ano passado, com lucro de R$ 232,2 milhões obtido no final de junho de 2021.

Foto: Natura/Divulgação
Natura registra lucro líquido de R$ 232,2 milhões e reverte resultado negativo obtido no mesmo período de 2020 - Foto: Natura/Divulgação

Por outro lado, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) teve queda de 3,4%, somando R$ 630 milhões. No critério ajustado, o indicador ficou em R$ 811,2 milhões, com margem de 8,5%.

Segundo a empresa, as pressões inflacionárias no período de abril a junho deste ano foram amplamente compensadas pelos ganhos de sinergias, preços e alavancagem de vendas. Excluindo os efeitos não-recorrentes relacionados à pandemia no segundo trimestre de 2020, a margem Ebitda ajustada teria melhorado neste trimestre, acredita a empresa.

A receita líquida consolidada na mesma base de comparação aumentou 36,2% em relação ao mesmo intervalo do ano anterior, impulsionada pelo crescimento em todos os negócios em ambos os períodos.

Excluindo o efeito do incidente cibernético ocorrido no ano passado, que deslocou R$ 454 milhões em vendas do segundo para o terceiro trimestre, a receita líquida ajustada, segundo a empresa, teria aumentado 27,9%.

A empresa encerrou o trimestre com R$ 8 bilhões em posição de caixa, sendo R$ 4,5 bilhões em caixa e R$ 3,5 bilhões em depósitos de curto prazo. O fluxo de caixa teve um consumo de R$ 1.131,6 milhões de abril a junho, conforme esperado, também sob impacto dos efeitos da covid-19, pontua a companhia.

O que pensa o mercado

Para os analistas da Ativa Investimentos, a Natura&Co apresentou um resultado forte e em linha com as projeções da casa, apresentando crescimento de 26,6% YoY (ano a ano, em português).

“A companhia apresentou força operacional na maioria de suas praças de atuação. Com o retorno das lojas físicas em alguns segmentos, vimos o digital ainda bastante presente, o que pode significar uma mudança estrutural daqui para frente”, reforça a Ativa em relatório.

No âmbito negativo, a casa destacou a queda na produtividade das consultoras Natura no Brasil e uma margem Ebtida pressionada em 1,9% frente aos números estimados pelos analistas. / com Agência Estado

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Visualizar Comentários

Veja mais Ver mais