Empresa

A Localiza teve lucro líquido de R$ 482,3 milhões no primeiro trimestre de 2021, crescimento de 108,9% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira, 5, em balanço. 

A receita líquida total da companhia no período foi de R$ 2,797 bilhões, dos quais R$ 979,3 milhões são resultado de aluguel de carros e R$ 280,9 milhões, de gestão de frotas. Do ponto de vista do faturamento, as atividades registraram crescimento de 9,7% e 9,6%, respectivamente. 

Falta de carros novos gera crise para locadoras
A taxa de utilização dos veículos cresceu 4,6% no primeiro trimestre de 2021

Apesar do aumento das receitas provenientes dos aluguéis de carros, o número de veículos alugados caiu 5,4%, para 13.396. No entanto, houve aumento de 16% do tíquete médio das diárias, que atingiu R$ 80,3 milhões. A taxa de utilização também cresceu dois pontos percentuais, a 80,4%, assim como o número de diárias, que saiu de 5.270 para 5.510, salto de 4,6%.

Queda da produção de veículos afetou renovação da frota

Devido à maior dificuldade de repor frotas por conta da redução da produção de carros, a Localiza optou por adiar a venda de carros disponibilizados para aluguéis. Nos primeiros três meses de 2021, a companhia vendeu  29.032 carros e comprou 26.360, o que resultou em uma redução de 2.672 unidades, e investimento líquido de R$ 4,9 milhões. 

Com a medida, o número de veículos da empresa é 1% menos na comparação com o quarto trimestre de 2020. O envelhecimento dos veículos resultou em custos adicionais em manutenção, totalizando R$ 52,6 milhões, além de perda de 6,8 pontos percentuais da margem da gestão de frotas, que ficou em 63%.  

O preço de venda dos carros aumentou 23,3% em relação ao mesmo período do ano passado. O fenômeno é consequência da valorização dos carros novos, em boa parte consequência da redução da produção. 

No fim de março, a companhia dispunha de 131 lojas de seminovos distribuídas entre 90 cidades do Brasil. Nos últimos 12 meses, houve abertura de sete novas unidades. 

A Localiza estima os impactos da queda de demanda provocada pela pandemia do novo coronavírus sobre a receita em R$ 30 milhões. 

Imagem do autor

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Visualizar Comentários

Mercado Financeiro
Empresa
Empresa
Mercado Financeiro
Veja mais Ver mais