Empresa

JBS fecha acordo para compra da australiana Huon e entrada no mercado de aquicultura

Segundo o frigorífico, a aquicultura será uma nova plataforma de negócios da companhia

Data de publicação:06/08/2021 às 09:59 - Atualizado 6 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

A JBS firmou um acordo com a Huon Aquaculture Group Limited para adquirir todas as ações emitidas da companhia produtora de salmão por 3,85 dólar australiano por ação, representando um valor de mercado de 425 milhões de dólares australianos, ou cerca de R$ 1,648 bilhão.

Foto: Bitenka
Aquisição de empresa australiana produtora de salmão marca a entrada da JBS no setor de aquicultura - Foto: Reprodução

O valor da empresa é de 546 milhões de dólares australianos (que inclui sua dívida líquida de 121 milhões de dólares australianos), totalizando cerca de R$ 2,117 bilhões.

O Conselho de Administração da Huon, incluindo os principais acionistas Peter e Frances Bender - que controlam conjuntamente 53% das ações emitidas da empresa - recomendaram por unanimidade que todos os demais votassem a favor do acordo na ausência de uma proposta superior e com a confirmação de um parecer independente de que a transação atende aos melhores interesses dos acionistas da Huon.

Cada diretor da Huon também anunciou sua intenção de votar, ou obter o voto de todas as ações da Huon detidas por ele em favor do acordo.

"Trata-se de uma aquisição estratégica, que marca a entrada da JBS no negócio de aquicultura. Vamos repetir o que fizemos anteriormente com frango, suínos e produtos de valor agregado, para deixar nosso portfólio ainda mais abrangente", afirma Gilberto Tomazoni, CEO Global da JBS.

Tomazoni comenta ainda que a Huon possui 33 anos de experiência com uma "produção sustentável, de alta tecnologia, produtos de qualidade superior amplamente reconhecidos pelo consumidor australiano, num setor com ótimas perspectivas de crescimento no mundo todo. A aquicultura será uma nova plataforma de crescimento dos nossos negócios", pontuou.

Gigante do salmão

A Huon é a segunda maior empresa de aquicultura de salmão da Austrália com operações verticalmente integradas, situadas na Tasmânia, abrangendo incubatórios, aquicultura marinha, colheita, processamento, marketing, vendas e distribuição.

A companhia investiu mais de 350 milhões de dólares australianos nos últimos cinco anos em infraestrutura operacional de ponta e práticas sustentáveis no ciclo de produção de salmão.

Os produtos primários incluem filés de salmão frescos, produtos porcionados embalados a vácuo e outros itens de valor agregado para o mercado interno de atacado, varejo e canais de exportação.

A JBS ressalta que a transação está sujeita às condições usuais, incluindo, entre outras coisas, o recebimento das aprovações regulatórias, judiciais e dos acionistas da Huon. O processo deve ser concluído até o final deste ano. /com Agência Estado

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!
Flávio Augusto da Silva

Flávio Augusto da Silva

Quem é Flávio Augusto da Silva? Flávio Augusto da Silva é o fundador de uma das maiores redes de ensino do Brasil, a Wise Up. Além disso,...

  CONTINUAR LENDO