Empresa

A rede de varejistas americana Gap, tradicional no mercado local e presente em vários locais do mundo, decidiu encerrar as atividades de todas as suas lojas no Reino Unido. Em paralelo, negocia a venda de suas operações físicas na França e na Itália.

Foto: Gap/Divulgação
Interior de uma das lojas da Gap/Foto: Gap/Divulgação

As movimentações fazem parte de uma revisão dos negócios da Gap no território europeu, de acordo com reportagem da Bloomberg.

Em comunicado divulgado na véspera, a empresa afirmou que, apesar do fechamento das lojas físicas indicadas acima, pretende manter suas operações de comércio eletrônico na Europa. Até o final de setembro, as lojas Gap Speciality e Gap Outlet serão fechadas, tanto no Reino Unido quanto na Irlanda.

A rede está negociando as lojas da França com a Hermione People and Brands, filial do Grupo FIB. A varejista informou também que está negociando a venda de suas unidades na Itália, mas não informou quem é o parceiro.

As mudanças fazem parte de um processo de revisão estratégica iniciada pela rede varejista americana no ano passado, enquanto a companhia tenta aumentar a lucratividade e melhorar suas operações em meio à pandemia, que afetou severamente as empresas varejistas de moda.

Conhecida pelos seus famosos moletons, a Gap já vinha lutando há algum tempo no mercado, ficando conhecida por seus tradicionais descontos para ganhar clientes. No Reino Unido, a operação da varejista foi inaugurada em 1987 e fez um grande sucesso.

Para a Gap, os Estados Unidos continuam sendo seu maior mercado consumidor, onde também possui as marcas como Old Navy e Banana Republic, além de sua rede homônima.

Mercado chinês

No último mês de março, de acordo com uma outra reportagem da Bloomberg, a Gap também está avaliando o desempenho de suas lojas na China.

Segundo informações da varejista, a companhia conta com a ajuda de um conselheiro para explorar alternativas e já entrou em contato com possíveis compradores das lojas.

No mercado chinês há uma década, a Gap apostou no aumento da renda na segunda maior economia do mundo para impulsionar suas vendas. No entanto, ela parou de vender roupas da Old Navy no país no ano passado para concentrar seu foco na América do Norte.

O mercado asiático da Gap é responsável por cerca de 5% de suas vendas líquidas globais, de acordo com os dados mais recentes.

Imagem do autor

Repórter do Portal Mais Retorno.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja mais Ver mais