Fundos de Investimentos

A captação dos fundos de investimento continuou em alta em abril, com crescimento de 1,35% no patrimônio da indústria, segundo levantamento e análise do sistema Economatica. A maior elevação foi a dos fundos de ações, com aumento de 5,19%, seguidos pelos multimercados, com 1,61%.

A captação líquida consolidada da indústria no mês foi R$ 20,1 bilhões. Nesse total, os multimercados foram os de maior peso, com R$ 8,24 bilhões, um resultado muito próximo dos de renda fixa, com R$ 8,18 bilhões. Algo em torno de R$ 3,6 bilhões ficaram a cargo dos de ações e dos de previdência.

O patrimônio total da indústria do setor fechou abril com estoque de R$ 5,504 trilhões.

Foto: arquivo
Fundos multimercados apresentam a maior captação: R$ 8,24 bilhões

Fundos de ações crescem pelo terceiro mês

Os de ações tiveram em abril o terceiro mês seguido de crescimento na captação. Foi de 5,19%, comparado com 3,55% em março e 0,42% em fevereiro. O patrimônio de cinco categorias dessa classe de ativos teve expansão acima de 5%.

O destaque foram os de Ações de Investimentos no Exterior, com aumento de 8,38%, seguidos pelos de Ações Setoriais, com 7,54%, e Ações FMP-FGTS, com 6,57%.

Os dados indicam que o investidor passou a tomar mais risco e a diversificar sua carteira com ações, por meio dos fundos. E também a procurar investimentos no exterior, longe do cenário de incertezas domésticas, ajudado ainda pela maior facilidade de acesso a essas opções.

A captação líquida dos de ações em abril, de R$ 5,35 bilhões, foi a terceira maior da indústria e puxada pelos fundos de Ações de Investimentos no Exterior, com ingresso de R$ 3,46 bilhões ou cerca de 60% do total. O patrimônio líquido total acumulado pelos fundos de ações até abril somou R$ 667,2 bilhões.

Em rentabilidade, o fundo com melhor desempenho em abril foi o de Ações Small Caps, com valorização média de 4,98%, seguido pelos fundos de Ações Setoriais, com 3,53%.

Multimercados têm a maior captação líquida

A opção do investidor pela diversificação de carteira na renda variável, inclusive com opções no exterior, tem engordado também o patrimônio dos fundos multimercado, que tiveram o oitavo mês seguido de alta.

O ingresso de recursos na classe teve aumento de 1,61%, o segundo maior da indústria de fundos de investimento, mas em alguns fundos foi mais elevado. O do Multimercados Livre cresceu 2,56%. O patrimônio líquido total dos multimercados em abril ficou em R$ 1,505 trilhão.

A captação dos multimercado registrou em abril o terceiro mês consecutivo de saldo positivo, de R$ 12,4 bilhões, 50% maior que o volume líquido captado em março, de R$ 8,24 bilhões, e o maior entre os fundos de investimento no mês passado.

O carro-chefe na captação foram os Multimercados Livre, com R$ 8,39 bilhões, e os Multimercados Investimento no Exterior, com R$ 6,26 bilhões. Outras categorias, como os Multimercados Macro, tiveram captação negativa, de R$ 1,31 bilhão em abril.

Renda fixa continua com boa audiência

A captação continua crescente também nos de renda fixa, que registraram o quinto mês consecutivo de alta em abril. Um aumento de 0,73% sobre março ou R$ 16,5 bilhões acrescidos ao patrimônio dessa classe de fundos, que chegou a R$ 2,286 trilhões, no volume total.

A captação líquida em abril, de R$ 8,18 bilhões, a segunda maior da indústria, foi liderada pelos de Renda Fixa Duração Livre Soberano, com R$ 6,13 bilhões ou 75% do total. O melhor rendimento, de 0,88% no mês, ficou com os fundos de Renda fixa Duração Alta Soberano.

Fundos de previdência chegam a R$ 1 tri,lhão

Os de previdência tiveram evolução de 0,23% no patrimônio em abril, arredondando o volume total acumulado para R$ 1 trilhão.

A categoria que teve a maior captação líquida foram os fundos de Previdência Multimercado Livre, com R$ 6,15 bilhões, seguidos pelos Previdência RF Duração Baixa Grau de Investimento, com ingresso líquido de R$ 3,44 bilhões em abril.

Já o melhor desempenho ficou com os fundos de Previdência Ações Ativo, com rentabilidade média de 2,82%, e os fundos de Previdência Multimercados, com 2,56%.

O patrimônio total da indústria dos fundos de investimento fechou abril com estoque de R$ 5,504 trilhões.

Imagem do autor

Colaborador do Portal Mais Retorno.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja mais Ver mais