Mercado Financeiro

Considerado o maior grupo da América do Sul no setor varejo alimentar, o Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) pertence ao Grupo Casino, e reúne algumas grandes marcas conhecidas no Brasil, como a Compre Bem, o próprio Pão de Açúcar, Extra, entre outros.

Foto: GPA/Divulgação
Espaço de uma das lojas da rede GPA - Foto: GPA/Divulgação

Está presente em todos os estados brasileiros, além de países como Colômbia, Uruguai e Argentina através de um outro time, chamado Grupo Éxito. Realizou sua primeira Oferta Pública em 1995 e, desde então, atrai olhares de muitos investidores.

Se você deseja saber mais sobre o Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) e suas ações, fique de olho neste artigo!

Quem é o Grupo Pão de Açúcar (PCAR3)

O Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) foi fundado em 1948 em São Paulo e atualmente conta com mais de 800 lojas físicas e marcas consideradas líderes em seus segmentos. Através de um modelo de negócios que abrange multiformatos e multicanais, atende a clientes de todos os cantos do Brasil.

É possível dividir sua estrutura de negócios em dois grupos: o GPA, que reúne algumas das principais marcas brasileiras do ramo alimentício; e o Grupo Éxito, responsável por expandir as negociações para Colômbia, Uruguai e Argentina.

No Brasil, a companhia é responsável pela organização de grandes marcas, como Supermercado, Posto e Drogarias Extra; Cheftime; Compre Bem; Mini Mercado; entre outros. Conta com mais de 57.000 funcionários e portanto é uma excelente geradora de empregos para o país.

É considerada a marca número 01 no quesito ecommerces alimentícios do país e possui mais de 21 milhões de clientes cadastrados em seus programas de fidelidade.

História do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3)

A história do Grupo Pão de Açúcar começa em 1948, quando Valentim dos Santos Diniz inaugurou a primeira loja da empresa: a Doceira Pão de Açúcar em São Paulo. 11 anos depois, em 1959, é criado seu primeiro supermercado que seria o precursor da rede.

Em 1969 a companhia já contava com mais de 60 estabelecimentos em 17 cidades diferentes. O ano de 1971 foi marcado pela inauguração do seu primeiro hipermercado, localizado no ABC Paulista, que se chamava Jumbo.

O movimento de expansão continuou e, poucos anos depois, nasceu o Assaí Atacadista. Em 1979 acontece a inauguração do Minibox e do Superbox, um conceito diferente de lojas para a época, que contava com número menor de itens à disposição.

Em 1989 foram criadas as lojas Extra, a fim de abrir competição dentro da área de hipermercados. Em 1995, a empresa anuncia seu IPO na Bolsa de Valores de São Paulo.

No ano seguinte, acontece a inauguração do segundo maior depósito do mundo, localizado na Via Anhanguera, em Jundiaí, com mais de 800 mil m² de área construída.

Em 97 o grupo adquire as lojas Mambo, Ipical e Pamplona, além do grupo Freeway que logo depois passa a se chamar Extra. Assim, nasce o primeiro hipermercado do Grupo Pão de Açúcar no Rio de Janeiro.

Em 1999, o Grupo Casino compra 25% do capital total da companhia. No ano seguinte nasce o primeiro plano de fidelidade do varejo brasileiro, chamado Pão de Açúcar Mais.

Já nos anos 2000...

Em 2002 surgem as primeiras farmácias do grupo, localizadas dentro dos hipermercados Extra. Em 2004, o grupo seguiu expandindo seus horizontes com a abertura do primeiro posto de gasolina, também chamado Extra.

Foi em 2005 que o Grupo Casino tornou-se co-controlador da empresa, após adquirir o controle do grupo por inteiro. No ano seguinte é inaugurada a primeira loja de conveniência inspirada em um modelo europeu, chamada Extra Perto.

Em 2007 o Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) filia-se ao Assaí Atacadista para trabalhar diretamente com o setor atacado de autosserviço. Dois anos depois o grupo adquire integralmente a operação do atacado, além do Ponto Frio e associação das Casas Bahia, tornando-se, assim, o maior grupo varejista e distribuidor do Brasil.

Em 2012 o Grupo Casino se torna o único controlador do GPA, se consolidando como a maior marca de varejo da América Latina. 4 anos depois, ganha a segunda colocação no ranking “As Empresas Mais Atraentes” para se trabalhar, através do Linkedin.

Nos anos de 2017 e 2018, o grupo recebe a primeira colocação no prêmio Top Companies do LinkedIn. Além disso, também em 2018, acontece o lançamento do Mercado Extra; Meus Prêmios; Compre Bem; Pão de Açúcar Adega; e muito mais.

Em 2019 a empresa faz o lançamento da NotMayo e do Future Burger, lançando uma linha de produtos vegetais para veganos e vegetarianos.

Em março de 2020, o grupo finaliza o processo de migração de suas ações para o chamado Novo Mercado. Este é um segmento da Bolsa de Valores exclusivo para companhias que possuem padrões elevados de governança corporativa.

Aqui nós resumimos a história do grupo que ainda conta com muitos mais detalhes e premiações.

Estrutura organizacional do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3)

A Diretoria Executiva do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) é formada basicamente por dois diretores: Jorge Faiçal e Guillaume Gras. Estes dois profissionais são responsáveis por seguir as determinações referentes à gestão dos negócios que são estabelecidas pelo Conselho de Administração.

Jorge Faiçal é também Diretor Presidente do grupo, referente à unidade de negócio que reúne as operações varejistas alimentares do GPA desde abril de 2020.

Guillaume Gras está no grupo desde 2016, iniciou como Head de controle financeiro do e desde 2019 atua como CFO, principalmente na divisão Multivarejo.

Gestão administrativa do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3)

Veja abaixo o quadro de toda gestão administrativa do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3).

Negócios e áreas de atuação do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3)

O Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) pode ser dividido em dois grupos distintos: GPA - alimentando sonhos e vidas; e o Grupo Éxito. Cada um é responsável por desenvolver variadas marcas de varejo que costumam fazer sucesso entre os clientes.

São elas:

GPA - alimentando sonhos e vidas:

Além das marcas exclusivas do grupo:

Grupo Éxito

Concorrentes do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3)

Se tratando de grupos varejistas, podemos citar 21 concorrentes atualmente que estão na lista dos maiores grupos de varejo do Brasil. São eles:

Evolução das ações do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3)

Inicialmente o Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) possuía dois tipos de ações disponíveis na Bolsa de Valores brasileira: as ordinárias (PCAR3) e as ações preferenciais (PCAR4).

No entanto, a partir de 02 de março de 2020, as ações preferenciais foram descontinuadas, tornando-se todas ações ordinárias.

Em março deste ano, o grupo anunciou a comercialização de ações da rede de atacados Assaí, o que gerou uma queda de mais de 74% em suas ações ordinárias.

Por outro lado, as novas ações disponibilizadas (ASAI3) apresentaram uma valorização de 405,92% desde o primeiro dia das suas operações.

Veja abaixo os gráficos da empresa.

Gráfico de ações do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3)

Veja o gráfico dos últimos 05 anos das ações do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3).

A expressiva queda que você confere ocorreu em março, no momento de lançamento das ações do Atacado Assaí.

Veja abaixo o gráfico da (ASAI3):

Dividendos do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3)

A companhia mantém uma estrutura consolidada na distribuição dos proventos desde 2002, ano em que iniciou a distribuir seus lucros que incluem dividendos e JCP.

Em agosto de 2009, o Conselho de Administração do grupo aprovou uma nova política de distribuição dos lucros, que determina a possibilidade de pagamento de dividendos intermediários trimestralmente.

Neste ano, o Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) anunciou que irá distribuir R$ 583,6 milhões em dividendos a seus acionistas que tiverem suas posições até 31 de dezembro de 2020.

Como investir no Grupo Pão de Açúcar (PCAR3)

Por se tratar de uma empresa listada na Bolsa brasileira, investir no Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) é muito simples e rápido. Para isso, você só precisa seguir alguns passos simples que iremos enumerar abaixo.

  1. Você precisa ter uma conta em uma corretora

A melhor maneira de investir em ações é através de uma corretora independente. Pesquise pelas instituições que cobrem poucas taxas para que não comprometa sua rentabilidade, mas que ainda assim ofereçam serviços de qualidade.

Após escolher a instituição desejada, abra a sua conta preenchendo todos os dados e enviando todos os documentos para aprovação. Quando for aprovado, você poderá acessar o site da corretora e aproveitar para conhecer mais sobre as suas funcionalidades.

  1. Acesse a Home Broker da corretora

Com a conta na corretora de valores aberta, você precisará acessar a Home Broker, que é o nome destinado à área de negociações dentro da Bolsa de Valores.

Nesta área você vai encontrar todos os ativos disponíveis para compra e venda: ações, opções, fundos imobiliários, fundos multimercado, fundos de ações, títulos públicos, debêntures, LCI LCA, entre diversos outros ativos que você encontra através de códigos.

  1. Pesquise por PCAR3

O Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) possui apenas um tipo de ação disponível no mercado, que são as ações Ordinárias (ON - finalizadas com 3). Dessa forma, dentro da home broker, pesquise pelo código PCAR3 e selecione-o.

  1. Preencha os dados obrigatórios

Ao selecionar o ativo desejado, irá abrir uma pequena aba onde você deverá inserir todas as variáveis para o processo de compra daquele ativo.

Essas variáveis são: preço (de acordo com a cotação do dia); quantidade de ações; data e, por fim, a sua assinatura eletrônica.

  1. Execute a ordem

Após preencher todos os dados, você poderá clicar no botão de executar a ordem. No entanto, lembre-se de revisar o seu pedido antes de realizar esta ação. Perceba se o valor e quantidade estão corretos. Se sim, é só executar a ordem.

  1. Observe o andamento do processo

A ordem pode ser executada imediatamente ou então levar algum tempo até que isso aconteça, a depender do preço que você inseriu para o momento de compra.

É necessário que a home broker encontre um perfil que esteja vendendo as ações pelo preço que você inseriu que deseja comprar.

Por este motivo, não adianta colocar um preço muito abaixo da cotação do dia, pois pode ser que dessa forma você não consiga finalizar o processo.

Você encontrará todas as suas ordens em uma aba escrito “Ordens”. No momento que aparecer “Ordem Executada” é porque você já é o novo portador daquelas ações.

Vale a pena investir no Grupo Pão de Açúcar (PCAR3)?

Para saber se vale ou não vale a pena investir no Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) você vai precisar levar em consideração alguns detalhes. Não é só porque a empresa apresentou bons ou maus resultados que ela vai ser boa ou ruim para a sua carteira.

É preciso fazer uma análise mais a fundo, que vai depender também do seu perfil de investidor. Por isso, primeiramente lembre-se de observar a sua aptidão ao risco. Por se tratar de renda variável, as ações são voláteis, o que indica que você pode ter momentos de valorização e momentos de desvalorização.

Se você possui um perfil moderado a arrojado, este investimento pode ser uma boa. Mas se o seu perfil é avesso a riscos, então não importa os resultados da empresa, este definitivamente não vai ser um bom investimento para você.

Depois de definir o seu perfil de investidor, faça uma análise fundamentalista da empresa e seus últimos resultados. Para isso, observe alguns dados importantes, como:

Cada um desses indicadores são importantes para que você consiga imaginar quais serão os resultados futuros da empresa. Se é uma companhia sólida, se tende a ser valorizada, se remunera bem seus acionistas (e inclusive se tem dinheiro para isso).

Lembre-se que ao investir em uma determinada ação, você se torna sócio daquela empresa. Por isso, é importante levar em consideração alguns fatores determinantes para uma boa gestão.

Imagem do autor

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Fundos de Investimentos
Mercado Financeiro
Mercado Financeiro
Mercado Financeiro
Veja mais Ver mais