Logo Mais Retorno
Fundos de Investimentos

Comparador de ativos Retorno Prime: saiba a melhor forma de utilizar

No mercado financeiro, existem diversas opções de ativos similares para um mesmo objetivo, ainda mais na indústria dos fundos de investimentos — uma categoria de produto…

Data de publicação:30/05/2022 às 00:30 -
Atualizado um mês atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

No mercado financeiro, existem diversas opções de ativos similares para um mesmo objetivo, ainda mais na indústria dos fundos de investimentos — uma categoria de produto que possui mais de dez mil opções no Brasil. Neste caso, a escolha de onde investir se torna mais complexa, mas um comparador de ativos pode ajudar bem nessa questão.

comparador
Imagem: Reprodução

Pensando nisso, resolvemos dar uma ajuda ao nosso leitor com o lançamento da ferramenta de comparação de ativos Retorno Prime. Com ela, você consegue colocar diversos produtos lado a lado e analisá-los sob diversos aspectos e fatores que são relevantes para uma tomada de decisão de investimento.

No artigo de hoje, nós vamos te apresentar melhor a nossa ferramenta e explicar como ela pode ser útil nesse tipo de avaliação. Vamos lá!

O que é um comparador de ativos?

O nosso comparador de ativos tem como proposta exatamente o que o nome sugere: permitir que o investidor faça uma análise entre dois ou mais produtos do mercado financeiro. Isso é extremamente útil quando estamos em dúvida de onde investir, podendo utilizar alguns indicadores para essa seleção.

Importante dizer que, o comparador vai trazer dados quantitativos para a sua análise. Isto é, podemos avaliar rentabilidade, desempenho relativo versus o seu benchmark, volatilidade, entre outros.

No entanto, não recomendamos que a sua tomada de decisão seja pautada apenas em números, ok? Tenha sempre em mente a importância de observar também aspectos qualitativos e o seu objetivo como investidor.

Abaixo, vamos deixar um vídeo explicando como fazer a sua busca de ativos na nossa ferramenta. Você também pode seguir com a leitura para acompanhar na prática como fazer a comparação de ativos.

Como funciona o comparador de ativos?

Vamos então partir para o uso prático da ferramenta de comparação de ativos da Mais Retorno. Nela, você pode selecionar diversas classes de produtos diferentes como:

  • Fundos de investimentos
  • Fundos imobiliários
  • Ações
  • Exchange Traded Funds (ETFs)
  • Renda fixa

Aqui, entretanto, cabe um alerta: lembre-se de sempre fazer uma comparação entre ativos pertencentes à mesma categoria. Não faz sentido, por exemplo, querer comparar um fundo imobiliário com um título de renda fixa. São produtos com características muito diferentes e cuja função em uma carteira de investimento não é similar.

Portanto, ao usar uma comparação de ativos, é muito importante agrupar os produtos do mercado financeiro que possuam uma dinâmica similar. Só assim podemos fazer uma avaliação justa de cada um deles.

Vamos entender como isso funciona na prática.

Como selecionar os meus ativos?

Para montar a sua comparação de ativos personalizada é bem fácil. Para começar, logo na tela inicial da ferramenta, há um campo que perde para você informar o novo do produto que deseja pesquisar. O processo é o mesmo para todas as categorias: digitar o nome do fundo ou o código de negociação na bolsa de valores.

Em seguida, a ferramenta vai começar a listar alguns resultados que tenham uma relação direta com o que você digitou. Veja abaixo um exemplo para a busca do fundo Alaska Black Institucional FIA, um dos mais conhecidos entre os pequenos investidores. Note como a opção já aparece apenas após a escrita de "alaska". Clique nele para adicionar ao seu comparativo.

comparador

Para continuar a adicionar os ativos, basta repetir o mesmo processo até que todos os seus fundos, ações, ETFs, FIIs ou títulos de renda fixa estejam devidamente listados para começar a analisar os respectivos dados. Lembre-se de selecionar apenas produtos referentes a um mesmo grupo de ativos para que essa avaliação faça sentido.

Como comparar ativos passo a passo

Após terminar a seleção de ativos na parte inicial da nossa ferramenta, o sistema vai apresentar uma série de indicadores que facilitam a vida do investidor na hora de comparar fundos, ações, entre outros.

Vamos então explicar os principais fatores que podem ser comparados adicionando outros três fundos de ações juntamente ao Alaska Black Institucional FIA:

  • Equitas Selection FIC FIA
  • Forpus Ações FIC FIA
  • Trígono Verbier FIC FIA

Rentabilidade

A primeira informação que você vai encontrar no nosso comparador de ativos é justamente aquilo que mais interessa ao investidor: a rentabilidade. Por mais que a gente reforce com frequência que não há como tomar uma decisão de investimento baseada apenas no retorno financeiro, esse é inegável um dos aspectos mais importantes.

Em primeiro lugar, você terá um gráfico com a rentabilidade dos ativos selecionados ao longo do tempo "ótimo", que representa o período em que todos os produtos escolhidos já estavam no mercado — evitando assim distorções na nossa avaliação. Podemos ainda incluir os benchmarks, como CDI ou Ibovespa.

comparador

Note que, de um modo geral, apesar de uma forte queda em março de 2020, os fundos em análise batem o Ibovespa, que é o principal indicador do mercado de ações. A exceção é o produto da Equitas, que já acende um alerta caso o investidor esteja em dúvidas sobre esses três fundos.

Em seguida, caso queira se aprofundar no estudo da rentabilidade dos ativos, você pode ainda usar a nossa tabela história do retorno financeiro. Veja como o produto da Forpus se destaca no período recente, mas quem leva a melhor no longo prazo é o fundo da Trígono. Esse é um modo de olhar "no detalhe" os resultados de cada ativo.

Consistência

Tão importante quanto analisar a rentabilidade de um fundo é observar a sua consistência. Isto é, não será difícil encontrar um gestor com um grande acerto pontual, mas é preciso que essa entrega seja mantida no médio ou no longo prazo.

Essa avaliação pode ser feita em nossa ferramenta sob dois aspectos: a quantidade de meses em que o ativo foi positivo ou então os seus topos (maior retorno) e fundos (menor retorno).

comparador

Índice de Sharpe

Uma métrica muito utilizada no mercado financeiro é o Índice de Sharpe. Esse é um cálculo matemático que visa comparar os pontos de retorno entregues por um ativo diante dos riscos que ele ofereceu ao investidor. Quanto maior, melhor.

Note, na tabela abaixo, que a nossa ferramenta entrega o resultado em dois horizontes temporais: nos últimos doze meses ou desde o início do produto. Isso é bem legal para entender a relação entre risco vs. retorno no curto ou no longo prazo.

Veja como os fundos não compensam seus riscos no curto prazo, muito em função de uma pandemia no período de análise. No entanto, há uma boa relação para o Trígono Verbier e para o Forpus Ações, com o Alaska Black um pouco abaixo de ambos. É o esperado, pois falamos de fundos de ações e, portanto, os riscos são similares entre si.

comparador

Volatilidade

Já que falamos do risco, o próximo indicador da nossa ferramenta é justamente a volatilidade. Essa métrica ajuda a compreender não apenas o perfil de oscilação do produto no mercado financeiro, como também a sua intensidade. Novamente, podemos analisar tanto o curto prazo, como o longo prazo do ativo.

No caso dos fundos que estamos analisando neste artigo, podemos notar que o perfil de risco é similar, embora o Alaska Black e o Trígono Verbier tenham "balançado" menos do que os seus concorrentes. No longo prazo, todos possuem volatilidade menor do que o Ibovespa, o que é um bom sinal já que esse é um índice passivo — ao contrário dos quatro fundos.

comparador

Correlação

Fundamental para a diversificação de investimentos, a correlação permite que o investidor possa entender o comportamento dos ativos entre si. Quando ela é próxima a um (1,00), isso significa que eles tendem a andar juntos (para cima ou para baixo). Já se ela é próxima de menos um (-1,00), a expectativa é que andem em posições contrárias.

Em uma carteira de investimentos, é muito importante que existam ativos que se comportem de forma distinta. Nesse estudo obtido com o comparador, por exemplo, temos quatro fundos de ações. Portanto, a correlação entre eles é alta — o que significa que dividir o seu dinheiro nesses produtos não representa nada para um objetivo de mitigar riscos.

Gráfico de Drawdown

Por fim, ainda temos o Gráfico de Drawdown que funciona "acumulando prejuízos". Assim, esse indicador permite dois tipos de análise: os maiores prejuízos que os ativos geraram aos seus proprietários e, principalmente, a demora apresentada na recuperação dessas perdas.

Note, no gráfico abaixo, como no auge da pandemia, a maior parte dos nossos ativos chegou a desvalorizar em praticamente 50%. No entanto, o fundo da Forpus segurou bem essa crise, caindo "apenas" 21,50%. Esse é um tipo de avaliação bem importante entre ativos de risco, pensando em como lidar com as perdas ao longo do tempo.

comparador

Viu como é fácil usar o comparador? Com ela, você pode obter informações relevantes sobre os investimentos e, quem sabe, facilitar a sua tomada de decisão.

Agora é com você! Acesse o comparador de ativos, selecione os produtos que deseja avaliar no mercado financeiro e aproveite esse guia para começar a analisar os mais variados ativos do Brasil.

Aproveite para acessar um conteúdo completo sobre o tema aqui também:

Sobre o autor
Stéfano Bozza
Formado em Administração pela PUC-SP. Trabalhou em empresas do segmento financeiro (Itaú BBA) e varejo (BRMALLS) até 2016, quando iniciou a jornada de produção de conteúdo para a internet com foco em finanças.