Economia

A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, informou nesta quarta-feira, 10, que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, assinará o pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão nesta sexta-feira, 12, após a aprovação da lei no Congresso. O texto final da proposta será votado ainda hoje pela Câmara dos Representantes, depois de ter sofrido modificações no Senado.

Posse de Joe Biden em 20 de janeiro; presidente deve assinar pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão

De acordo com Psaki, o governo se moverá "rapidamente" para implementar os estímulos. Ela disse que Biden indicará alguém para liderar o processo, mas não indicou nenhum nome específico. Nesta terça-feira, 9, a secretária do Tesouro, Janet Yellen, afirmou que o governo trabalharia para que os recursos da proposta destinados a estados e cidades estivessem disponíveis o mais rápido possível.

O pacote fiscal inclui US$ 350 bilhões em ajuda financeira a governos estaduais e locais, pagamentos diretos de US$ 1,4 mil para indivíduos que ganham até US$ 75 mil por ano, a extensão dos benefícios de auxílio-desemprego de US$ 300 por semana, além de US$ 130 bilhões para escolas e US$ 14 bilhões para acelerar a distribuição de vacinas contra a covid-19./ ESTADÃO CONTEÚDO

Imagem do autor

Repórter do Portal Mais Retorno.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Visualizar Comentários

Economia
Economia
Economia
Economia
Veja mais Ver mais