Logo Mais Retorno
Empresa

BRF fecha parceria com a Inteprid para construir parque de energia solar no Ceará

Junto com seu portfólio atual e mais a geração eólica, empresa atingirá 88% de energia elétrica vinda de fontes limpas

Data de publicação:17/09/2021 às 09:02 -
Atualizado 10 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

A BRF comunicou ao mercado que fechou uma parceria com a Intreprid para a construção de um parque para autogeração de energia solar com capacidade instalada de 320 Mwp (megawatt pico) e geração média de 80MWm.

Foto: Envato
Investimento na construção de um novo parque a geração de energia solar terá investimento de cerca de R$ 1,1 bilhão, segundo a BRF - Foto: Envato

O projeto será desenvolvido por meio de uma holding detida conjuntamente com a Intrepid. O contrato assinado entre as duas companhias para compra e venda de energia elétrica incentivada tem prazo de 15 anos.

O investimento estimado é de aproximadamente R$ 1,1 bilhão - R$ 3,7 milhões/MWp instalado. Do total, a BRF investirá cerca de R$ 50 milhões, a ser desembolsado no curso do projeto. O início das operações do parque está previsto para 2024.

"Esse movimento concretiza mais um importante passo em direção à Visão 2030 e no compromisso de se tornar Net Zero em emissões de gases de efeito estufa (GEE) até 2040, tanto em suas operações como em sua cadeia produtiva", diz a BRF em comunicado divulgado há pouco.

Com isso, complementa que continuará a prospectar oportunidades para investir em fontes alternativas de energia limpa, em conexão com suas metas de longo prazo em sustentabilidade.

Energia eólica

Essa não é a primeira iniciativa da BRF em busca de energia alternativa. No mês passado, a empresa e a AES Brasil anunciaram a criação de uma joint venture para a construção de um parque de energia eólica no complexo Cajuína, no Rio Grande do Norte.

Segundo o fato relevante divulgado pela BRF, o novo parque terá capacidade instalada de 160 MWm (média de quantidade de energia por hora), gerando 80MWm a serem comercializados pela AES Brasil com o frigorífico por meio de contrato e de compra e venda de energia com prazo de 15 anos.

A empresa destaca que, com as duas iniciativas, juntamente ao atual portfólio de energia limpa da companhia, atingirá 88% de energia elétrica proveniente de fontes limpas e renováveis no Brasil. / com Agência Estado

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!