Logo Mais Retorno
arrecadação
Economia

Arrecadação soma R$172,314 bi, recorde da série para agosto

Valor arrecadado foi o maior da série histórica, iniciada em 1995

Data de publicação:27/09/2022 às 12:11 -
Atualizado 2 meses atrás
Compartilhe:

A arrecadação de impostos e contribuições federais voltou a bater recorde e somou R$ 172,314 bilhões em agosto. O valor arrecadado no mês passado foi o maior para meses de agosto de toda a série histórica da Receita Federal, que tem início em 1995.

O resultado, divulgado nesta terça-feira, 27, representa um aumento real (descontada a inflação) de 8,21% na comparação com o mesmo mês de 2021. Em relação a julho deste ano, houve queda real de 14,64% no recolhimento de impostos.

arrecadação
Arrecadação Federal bate recorde para meses de agosto | Foto: Reprodução

O desempenho das receitas veio dentro do intervalo de expectativas das instituições ouvidas pelo Projeções Broadcast, que ia de 161,50 bilhões a R$ 178,616 bilhões, com mediana de R$ R$ 171,0 bilhões.

No ano, a arrecadação federal somou R$ 1,464 trilhão, o maior volume para o período da série (1995). O montante representa um avanço real de 10,7% na comparação com os primeiros oito meses do ano passado.

O que é Arrecadação Federal

Arrecadação é o termo usado para designar a coleta dos valores relativos a tributos que devem ser pagos ao Estado por pessoas naturais e jurídicas. Essa coleta é a principal fonte de receita do Governo, e é por meio desses recursos que os gastos públicos são pagos.

A Receita Federal é o órgão responsável pela fiscalização da arrecadação dos tributos federais, que são de competência da União. Ele atua combatendo a sonegação, além de crimes relacionados, como contrabando e descaminho de mercadorias.

É importante destacar que existem leis determinando como a arrecadação deve ser feita e como os recursos arrecadados devem ser empregados. Portanto, o poder Legislativo exerce um papel proeminente nesse assunto. Por sua vez, os Tribunais de Contas, do poder Judiciário, controlam o uso dos recursos e aplicam as sanções cabíveis quando as leis não são respeitadas.

No ano, a arrecadação federal somou R$ 1,464 trilhão, o maior volume para o período da série (1995). O montante representa um avanço real de 10,7% na comparação com os primeiros oito meses do ano passado./Agência Estado.

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

Inscreva-se em nossa newsletter

,