Open Nav Logo Mais Retorno

Viés de Autoconsistência

O que é o Viés de Autoconsistência?

Viés de Autoconsistência (ou ainda Self-Consistency Bias, de acordo com o termo original em Inglês) é o nome dado a um tipo específico de viés cognitivo.

Por definição, o Viés de Autoconsistência é caracterizado como a tendência mental que nós possuímos, como seres humanos, de acreditar que somos mais consistentes em nossas atitudes, crenças, opiniões e afins do que verdadeiramente somos.

Em outros palavras, assim como no viés do ponto cego nos consideramos imunes à ação dos demais vieses, no caso do Viés de Autoconsistência especificamente nos consideramos imunes à dissonância cognitiva.

Afinal de contas, se somos sempre consistentes (e racionais, é claro!), não há necessidade do nosso cérebro realizar esse "balanceamento", concorda?


O que é a dissonância cognitiva?

Se esse é um termo novo para você, nós explicamos. O que se chama de dissonância cognitiva nada mais do que a obsessão da mente em encontrar um alinhamento entre a forma que agimos, aquilo que pensamos e tudo o que aprendemos. De forma mais técnica, o alinhamento entre as cognições (como a atenção, a memória, o pensamento e a linguagem).

Sempre que um desalinhamento é identificado (isto é, quando um desses pilares vai de encontro aos demais) a dissonância acontece. Para repará-la, o cérebro encontra uma forma de justificar o "pilar desgarrado", garantindo que ele volte a estar alinhado com as outras cognições.

O grande problema é que, para tanto, ele lança mão de algo que verdadeiramente adoramos: as histórias. E elas não precisam fazer sentido para ceifar ou suavizar o sofrimento da dissonância cognitiva: basta que elas pareçam verdade e nos mostramos dispostos a acreditamos nelas de bom grado.

Desse processo nasce uma série de outros vieses. É o caso da pessoa que compra uma "blusinha" que não precisava. Ela sabe que não deve desperdiçar o seu dinheiro. Ela aprendeu como não cair em tentação, deixando de frequentar shoppings, por exemplo. A sua ação, no entanto, se opõe às demais cognições.

Alerta vermelho do cérebro! Se responsabilizar e assumir que você cometeu um erro, podendo então repará-lo futuramente? Nananinanão. É melhor dizer para si mesmo que "era uma promoção irresistível" ou "a parcela ficou bem pequenininha".

A segunda opção dói menos - inclusive por conta de outro viés, o de autoconveniência.

Desse modo, a dissonância está reparada, mesmo que com uma mentira. Afinal, promoções e parcelas pequenas existem aos montes e nem por isso todas as pessoas saem por aí comprando o que não precisam, não é? Mas como dissemos, as histórias que contamos para nós mesmos não precisam ser verdade; basta parecer verdade.

Como o Viés de Autoconsistência interfere na sua vida financeira?

Apontar a dissonância cognitiva nas pessoas à nossa volta pode ser quase tão prazeroso quanto comer uma barra de chocolate inteira.

Esse, aliás, é um dos maiores perigos quando se começa a estudar os vieses cognitivos mais a fundo: nos tornamos especialistas em identificá-los... Nos outros.

Quando, no entanto, isso nos cega, de modo que não percebemos a sua ação em nossa vida voltamos a estaca zero. Isto é, continuamos tão enviesados (e sob o efeito desses fenômenos psicológicos) quanto antes.

É o caso da amiga que é especialista em dizer o quanto a outra está sendo influenciada pela racionalização pós-compra na ida ao shopping, mas apresenta repetidas inconsistências em seu comportamento.

Voltar com o(a) ex que ela jurava que era um traste? "Não tem nada demais nisso, eu sempre gostei dele(a). Foi só uma fase".

Ter a casa bagunçada, mesmo tendo sido ensinada a se organizar como todos os outros irmãos? "É claro, eles tem muito mais tempo do que eu, mesmo com os seus quatro filhos, trabalho em tempo integral, trabalho voluntário... Eu tenho um projeto importante para entregar este mês. Não é que eu sou bagunceira".

Estudar como se comprometeu a fazer este ano? "Ah, mas eu estava cansada, né? E lançou aquela série nova na Netflix, os meus amigos me chamaram para viajar, o meu papagaio pegou um resfriado... Mas eu ainda sou uma pessoa muito dedicada e esforçada".

O viés de autoconsistência, como podemos ver, consegue ser ainda mais básico do que o viés de ponto cego. Enquanto este é baseado no conhecimento dos vieses, a autoconsistência precisa apenas de uma simples noção de consistência.

Mesmo que falaciosa. Mesmo que ilógica. Mesmo que travestida de "blusinhas" desnecessárias, promoção do tipo "o gerente enlouqueceu" e as tais "parcelinhas".

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados