Open Nav

TED (Transferência Eletrônica Disponível)

O que é TED (Transferência Eletrônica Disponível)?

TED é a sigla para "Transferência Eletrônica Disponível", movimentação financeira entre contas de instituições financeiras diferentes. Essa é uma opção de transação rápida e segura, que pode ser feita em uma agência bancária, em um caixa eletrônico ou pela internet.

As principais características da TED são:

  • Valores: não há valor mínimo ou máximo para poder fazer TED (desde 2016 os bancos foram proibidos de pedir valor mínimo);
  • Horário: para que o dinheiro caia na conta da outra pessoa no mesmo dia, a TED precisa ser feita até as 17h e em dias úteis. Feita no mesmo dia, a transação ocorre em alguns minutos. Caso a operação seja feita depois desse horário, o valor será creditado no próximo dia útil ao da operação.
  • Irreversível: sim, se você transferir para a conta errada, ela não pode ser desfeita, já que a operação leva alguns minutos para ser compensada.

Como fazer TED?

Fique de olho no horário em que irá fazer a operação, para que ela caia no mesmo dia, ou será agendada para o próximo dia útil. Para fazê-la, são necessários os seguintes dados:

  • Código do banco da conta de destino (confira a lista);
  • Número da conta que irá receber o valor;
  • Tipo de conta (corrente ou poupança);
  • CPF ou CNPJ do titular da conta.

Há bancos em que a conta poupança não está autorizada a fazer ou receber TED. É necessário se informar com a instituição.

Quanto custa fazer TED?

Os valores da TED variam de uma instituição financeira para outra e onde será feita a operação (internet, caixa eletrônico ou “na boca do caixa”, dentro da agência). Além disso, o tipo de pacote de serviços também pode influenciar esse valor. Quem tem um pacote mais básico, tem que pagar a parte.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) possui o Sistema de Divulgação de Tarifas de Serviços Financeiros, onde é possível comparar quanto cada instituição cobra.

A operação feita presencialmente acaba sendo mais cara. Já os valores para transações feitas em terminais de autoatendimento e internet costumam ser os mesmos. Há bancos digitais que não cobram por esse tipo de serviço.

Qual a diferença entre DOC e TED?

Na hora de fazer uma transação, vem a dúvida entre qual das duas opções é a mais indicada para cada caso. Embora sejam basicamente o mesmo serviço, transferência de dinheiro, há algumas características que diferenciam a TED do Documento de Ordem de Crédito (DOC):

  • Valor: Não existe limite mínimo para nenhuma das duas operações. O DOC, no entanto, aceita um valor máximo de R$ 4.999,99 por transferência;
  • Compensação: Enquanto na TED o dinheiro é liberado em poucos minutos quando feito até as 17h do dia útil, ou liberado no próximo dia útil à operação, o DOC é diferente. O dinheiro entra na conta entre um e dois dias úteis depois, a depender da data e horário em que foi feito;
  • Horário: O DOC tem um horário mais flexível do que a TED. Se o DOC for feito até as 21h59 de dias úteis, o dinheiro é compensado no dia útil seguinte. Após esse horário ou em fins de semana e feriado, o prazo aumenta em um dia.
  • Cancelamento: Diferentemente da TED, no DOC é possível reverter a operação (se solicitado em tempo hábil), caso tenha enviado para a conta errada.
  • Canais: DOC e TED podem ser feitos nos mesmos canais (caixa dentro da agência, terminal de autoatendimento ou pela internet). As informações para ambos é a mesma.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados