O que é a Retrospectiva Idílica?

Retrospectiva idílica é o nome dado a um tipo específico de viés cognitivo

Também chamada em Inglês de Rosy Retrospection (nome pelo qual é mais internacionalmente conhecida), a Retrospectiva Idílica se caracteriza por narrar a tendência mental que todos nós possuímos, como seres humanos, de julgar o passado como mais positivo do que ele verdadeiramente foi.

Em outras palavras, é o que te faz achar que o seu tempo de colégio é exatamente como a sua nostalgia te conta: bom o bastante para ter deixado saudade. Os professores insuportáveis, os lanches ruins e as notas baixas nem incomodavam tanto assim... Pelo menos na sua cabeça. Existe, inclusive, um nome carinhoso para a Retrospectiva Idílica aplicada aos estudantes: o Efeito Formatura.

Contudo, é bom se preparar, pois a Retrospectiva se faz presente em absolutamente todas as áreas da sua vida? 

O mesmo se repete quando pensamos em um relacionamento recém-terminado, em uma mudança de cidade ou naquele emprego do qual acabamos de ser demitidos. Na nossa cabeça do presente, a experiência passado parece melhor do que foi, na realidade. 

Aquele emprego, por exemplo, provavelmente foi bem menos divertido e interessante à época, do que é agora quando você pensa nele. 

Por que a Retrospectiva Idílica é considerada um viés cognitivo?

Primeiramente, é importante esclarecer do que se trata um viés cognitivo.

Por definição, os vieses são caracterizados como falhas ocorridas no cérebro pertinentes ao processamento de informações. Quando você olha para o céu, está processando uma informação visual. Quando sente o cheiro de uma pizza, uma informação olfativa. Durante todo o dia, o tempo todo, nós somos bombardeados com estímulos pelos sentidos.

Ao cérebro cabe aferi-los, tirar conclusões e reagir. Assim, quando você sente o cheiro da tal pizza e pensa "nossa, isso é tão gostoso!", a sua reação é comprar uma - mesmo depois de ter dito que estava de dieta ou economizando.

Quando tiramos uma conclusão equivocada, mas com forte aparência lógica, nascem os vieses. É como se o cérebro dissesse "ei, isso parece fazer todo sentido, então é verdade!". Às vezes, é mesmo. Outras vezes, é fonte de muitas decisões erradas que você toma.

Pense na Retrospectiva Idílica: se você é induzido (por você mesmo!) a acreditar que aquele emprego do qual você acaba de ser demitido era legal (mesmo quando não era), a probabilidade é que busque trabalhos parecidos ou aceite uma proposta de retorno. O mesmo com relacionamentos: o namoro pode ter sido complicado, mas a Retrospectiva Idílica dá mais peso aos bons momentos e você acaba voltando com aquela pessoa que não é legal para a sua vida.

Como um viés, se torna cada vez mais difícil racionalizar e perceber que estamos emitindo julgamentos errados sobre o passado. Justamente nesse contexto a Retrospectiva Idílica ganha força.

Quer saber mais sobre a Retrospectiva Idílica?

Como você já sabe, Retrospectiva Idílica é uma forma exclusivamente brasileira de denominar esse fenômeno psicológico. Internacionalmente, Rosy Retrospection é o termo mais aceito, estando presente inclusive em artigos acadêmicos produzidos por aqui.

Por isso, no Mais Retorno, temos um artigo completo sobre o Rosy Retrospection. Mais uma vez: se trata do mesmo viés. Nesse artigo, contudo, nos debruçamos mais sobre o seu funcionamento, assim como sobre os exemplos práticos de seu influência no dia a dia.

Assim, a Retrospectiva Idílica (como um termo do nosso glossário financeiro) é apenas um artigo introdutório. Se você se interessou por ele e gostaria de saber mais, inclusive entendendo o seu importante papel sobre a maneira como lidamos com o nosso dinheiro, recomendamos fortemente que acesse o texto mais completo. Clique aqui e confira!

Descomplicando a Bolsa de Valores

Termo do dia

Indústria de Transformação

O que é indústria de transformação? Indústria de transformação, setor central na atividade econômica brasileira, é o tipo de indústria que obtém qualquer matéria-prima e a…