O que é Reaganomics?

Reaganomics é um termo que combina o nome Reagan e a palavra economia. Sua criação é atribuída ao radialista Paul Harvey e refere-se às políticas econômicas adotadas pelo presidente dos EUA, Ronald Reagan, durante seu mandato presidencial na década de 1980.


Entendendo Reaganomics

Antes do governo Reagan, a economia dos Estados Unidos passou por uma década de alto desemprego, estagnação econômica e inflação persistentemente elevada (conhecida como estagflação).

A pressão política favoreceu a implementação de estímulos econômicos, resultando em uma expansão da oferta de moeda. Os controles de salários e preços adotados pelo presidente Richard Nixon entre 1969 e 1974 foram eliminados.

Grande parte do crédito pelo fim da estagflação é atribuído a duas causas: à contração da oferta de dinheiro realizada pelo Federal Reserve Board, que começou no último ano da presidência de Carter e durou três anos, e à facilitação em longo prazo da oferta e preço do petróleo durante a década de 1980.

Então, em 1980, Ronald Reagan concorreu à presidência. Em seus discursos de campanha, ele apresentou suas propostas econômicas como um retorno aos princípios da livre iniciativa e do livre mercado, que haviam prevalecido antes da Grande Depressão e do New Deal

Quais foram os pilares de Reaganomics?

A política de Reagan tinha quatro pilares fundamentais. O primeiro era reduzir o crescimento dos gastos do governo; o segundo, reduzir o imposto de renda federal e o imposto sobre ganhos de capital; o terceiro, reduzir a regulamentação do governo; e o quarto, restringir a oferta de moeda para reduzir a inflação.

Basicamente, conforme esses pilares indicam, a política econômica era de base liberal e visava reduzir a intervenção do Estado na economia.

Quais foram as ações realizadas dentro de Reaganomics?

Logo após ser eleito, em janeiro de 1981, Reagan retirou os controles remanescentes sobre preço e alocação de petróleo no mercado doméstico dos EUA. Em agosto desse ano, ele reduziu o imposto sobre lucros extraordinários, que depois foi completamente eliminado em em 1988.  

Também durante o primeiro ano da presidência de Reagan, as alíquotas federais de imposto de renda foram reduzidas significativamente. Isso ocorreu graças à aprovação do Economic Recovery Tax Act de 1981, baixando a alíquota da faixa superior de renda de 70% para 50% e a alíquota da faixa inferior de 14% para 11%. 

Em 1982, Reagan concordou com uma reversão das reduções de impostos corporativos e uma reversão menor das reduções nos impostos de renda de pessoa física. Assim, o aumento de impostos de 1982 desfez um terço do corte inicial de impostos. 

Em 1983, Reagan instituiu um aumento da contribuição sobre os salários destinado à seguridade social e seguro hospitalar Medicare. 

Em 1984, foi apresentado outro projeto de lei que fechava as brechas fiscais. Segundo o historiador tributário Joseph Thorndike, as legislações produzidas em 1982 e 1984 constituíram o maior aumento de impostos já promulgado nos EUA em tempos de paz.

Em 1986, com a o Tax Reform Act (Lei de Reforma Tributária), Reagan e o Congresso estadunidense procuraram simplificar o sistema tributário. A lei pretendia ser neutra em termos de receita: ela reduzia algumas alíquotas mais elevadas, mas também excluía algumas deduções, isenções e exceções tributárias. 

Quais foram os resultados de Reaganomics?

Os resultados da política de Reagan ainda são debatidos. Por um lado, seus apoiadores apontam para o fim da estagflação, o crescimento mais forte do PIB e uma revolução empresarial nas décadas que se seguiram. 

Por outro lado, críticos apontam para a crescente desigualdade de renda, o que eles descreveram como uma atmosfera de ganância, e a dívida nacional triplicando em oito anos, revertendo a tendência pós-Segunda Guerra Mundial de contração da dívida nacional.

Descomplicando a Bolsa de Valores

Termo do dia

Patrimônio Líquido

O que é Patrimônio Líquido? O Patrimônio Líquido é mais um grupo que faz parte do Balancete e do Balanço Patrimonial das empresas. Esse grupo, em…

Veja outros termos