Open Nav Logo Mais Retorno

Ptax

Quando se fala na cotação do dólar, logo se pensa em compras no exterior, itens importados, viagens a outros países e fatura de cartão de crédito internacional. Tudo isso é influenciado pela Ptax, uma taxa de câmbio no mercado financeiro que também tem impacto nos contratos negociados em dólar americano.

A Ptax, ou dólar Ptax, representa a cotação média das transações feitas em dólar entre as instituições financeiras que são autorizadas pelo Banco Central a operar câmbio no Brasil. Essas instituições são chamadas de dealers e são consultadas pelo BC para a definição da taxa.

Para que serve Ptax?

A taxa acompanha o valor médio das negociações em dólar feitas diariamente no mercado financeiro. Por ser o termômetro da variação do dólar comercial, a taxa é uma das principais referências para atividades que envolvem a moeda americana, como:

  • contratos feitos em dólar

  • cotação do dólar turismo

  • contratos futuros em dólar

  • contratos derivativos de câmbio

A Ptax também serve de base para contratos no mês seguinte. De acordo com o Banco Central, ela ainda é considerada para pesquisadores e analistas econômicos e para contratos denominados em real nas bolsas de mercadorias no exterior, como a Chicago Mercantile Exchange (CME), nos Estados Unidos.


Como a Ptax é calculada?

Essa taxa de referência é calculada diariamente pelo Banco Central, durante quatro janelas de tempo: das 10h às 10h10, das 11h às 11h10, das 12h às 12h10 e das 13h às 13h10. Nessas janelas, o BC consulta as negociações feitas pelas instituições credenciadas.

Assim, o BC define as taxas de compra e venda no dia com base na média dessas cotações e faz a divulgação em um boletim por volta das 13h30. O cálculo da taxa exclui as duas médias maiores e menores das quatro janelas.

Dia da formação da Ptax

Apesar de ter o cálculo diário, ela costuma provocar maior volatilidade da moeda no mercado financeiro no último dia de cada mês. Isso acontece porque os investidores aproveitam este pregão para tentar conseguir uma cotação que favoreça os próprios negócios.

Assim, os dealers costumam operar um volume maior de negociações, justamente para tentar empurrar a taxa o mais próximo possível dos seus objetivos. Essa cotação do último dia será a base para os contratos cambiais negociados no mês seguinte. Em derivativos de câmbio, por exemplo, a liquidação é feita na Ptax do dia anterior à operação.

Compra e venda

Na cotação extraída pelo Banco Central, são definidas duas taxas Ptax: a de compra e a de venda. A de compra é o valor que as instituições financeiras pagam para os clientes comprarem a moeda.

Já a taxa de venda corresponde à cotação que os bancos e administradoras de cartão de crédito vão pagar. Elas irão vender dólar para quem faz saques ou usa o cartão de crédito no exterior. No geral, a taxa de venda costuma ser mais alta porque envolve os custos de operação das instituições financeiras.

O que é Ptax 800?

É a denominação que originou a Ptax. De acordo com o Banco Central, o nome Ptax é usado por causa da PTAX800, que era uma transação feita por muitos anos pelo Sistema do Banco Central (Sisbacen) para consulta da taxa de câmbio.

Ela deixou de ser usada em 2014, mas o novo sistema que substituiu o anterior optou por manter o termo Ptax, porque já era utilizado pelos agentes do mercado de câmbio.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados