Open Nav Logo Mais Retorno

Orçamento Empresarial

Avalie este post

O que é o Orçamento Empresarial?

O orçamento empresarial é um planejamento cujo objetivo é estimar as receitas, despesas e investimentos de uma empresa em um determinado período de tempo.

Normalmente o prazo que a as empresas costumam fazer o orçamento é de 1 a 3 anos, todavia, empresas maiores como de exploração e concessão podem chegar a desenvolver orçamentos de dez anos.

O principal objetivo do orçamento empresarial é possibilitar à companhia presumir suas despesas e receitas, avaliando qual será a necessidade de capital de giro para o orçamento estimado e também as possibilidades de aplicação de lucros.

Através do orçamento, a empresa poderá tomar ações como investir em um novo maquinário ou até mesmo prevenção de cortes de despesas caso seja necessário.

Composição para o Orçamento Empresarial

Existem inúmeras variáveis que podem compor um orçamento empresarial, sendo que, quanto mais detalhado ele for, menores serão as chances dos resultados alcançados serem diferentes da projeção orçamentária. Geralmente a composição de um orçamento, consiste em:

  • Projeção de Vendas;
  • Despesas Variáveis incidentes em valores comissionados sobre vendas (fretes, impostos, comissões);
  • Custos de Produção;
  • Custos de Mão de Obra;
  • Custos Fixos Operacionais (água, luz, telefone, escritório contábil, etc);
  • Investimentos (possíveis investimentos em maquinários, estoques, instalações);

Através dessas projeções que normalmente são feitas por setores distintos dentro da empresa, é possível ao setor financeiro e contábil gerar três relatórios distintos para que ocorra a tomada de decisão, sendo eles:

  • Demonstração do Resultado do Exercício (DRE);
  • Demonstração do Fluxo de Caixa;
  • Balanço Patrimonial.

Como definir a construção do Orçamento

Para que os setores desenvolvam o orçamento, podem ser utilizadas diversas metodologias, como a do Orçamento Matricial, Histórico, Base Zero, Participativo ou Impactado, cabendo a empresa determinar qual o mais adequado.

Normalmente, para as empresas definirem como irão compor seu orçamento, elas devem levar inúmeros fatores em consideração.

Um dos principais fatores é a situação financeira da empresa: se ela está mais capitalizada com possibilidade de expansão, se está estagnada no crescimento de capital, se sofreu declínio de capital.

Enfim, para cada situação, é extremamente possível criar projeções com bases históricas de crescimento ou declínio tanto das receitas quanto das despesas da empresa.

Outro fator que pode gerar inúmeros cenários distintos de orçamento é o câmbio, visto que existem empresas que possuem receitas ou despesas em dólares e que precisam simular cenários otimistas e pessimistas em relação ao futuro da moeda para se prevenir de possíveis acontecimentos.

Tomada de decisão a partir do Orçamento Empresarial

Quando é feita a projeção do Orçamento, a empresa passa a ter bases mais sólidas para a tomada de decisões, como a aplicação do lucro ou a decisão de investimentos.

Imagine como exemplo uma indústria que produz sapatilhas femininas e possui um caixa acima do necessário para o giro estabelecido dentro da sua área de atuação.

Então imagine que essa empresa fez uma análise econômica externa e interna e, trabalhando somente com o MIX que já tinha, terá uma possibilidade de crescer 3% no próximo ano.

No entanto, se essa empresa realiza um investimento em novos maquinários, assim como contratação de pessoal para começar a produzir rasteirinhas femininas, poderá expandir seus lucros em 60%.

Será no Orçamento que a empresa definirá qual será o valor do caixa a ser alocado nessa nova linha de produção e a expectativa de receitas e despesas desse projeto.

Note que, através da definição desse orçamento, a empresa poderá adotar ou não o investimento, pois a projeção orçamentária possibilitará a ela encontrar os indicadores de rentabilidade e retorno sobre o dinheiro que será investido nessa expansão.

Confrontando Previsão e Realização do Orçamento

Sempre que se chega ao final do período projetado, é fundamental para a empresa fazer o comparativo do que foi realizado para confrontar qual foi o desvio do que havia sido planejado no orçamento.

Isso é fundamental para que a empresa ganhe cada vez mais precisão e segurança na elaboração de novos orçamentos, melhorando as áreas que mais erraram suas projeções e fortalecendo as que mais acertaram.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Avalie este post
Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão