Última modificação em 18 de novembro de 2020

O que é MRR?

MRR é a sigla correspondente para Monthly Recurring Revenue - em Português, Receita Recorrente Mensal.Esse termo é utilizado com objetivo de representar uma métrica muito útil a diversas empresas, especialmente as SaaS.

Uma empresa SaaS - Software as a Service - é aquela que oferece algum tipo de serviço por assinatura, como NETFLIX e Spotify, através de um software onde muitas pessoas podem ter acesso simultaneamente. 

Ou seja, a base do recurso é a mesma para todos, mas cada pessoa pode usufruir do serviço a sua maneira - assistindo aos filmes que quiser ou ouvindo músicas de sua preferência, por exemplo.

Portanto, a métrica da MRR é formulada a partir de um cálculo simples, baseado em alguns dados para estimar a receita total que uma companhia é capaz de atingir todo mês.

Algumas pessoas tendem a imaginar que estimar os lucros de uma SaaS seja mais difícil em comparação a uma empresa de outra categoria, mas não é bem assim. Por vezes pode ser até mais fácil!

Como a MRR pode ser calculada?

Por se tratar de um serviço por assinatura, a ideia é de que todo mês a empresa possua um lucro predeterminado. Sendo assim, a maneira de se calcular a MRR é simples: multiplicar o número de assinantes pelo valor do serviço ofertado.

Voltemos ao exemplo da NETFLIX, você faz alguma ideia de quanto a rede é capaz de faturar por mês? Para obter essa informação é necessário saber quanto custam os planos disponíveis, bem como a quantidade total de assinantes.

Claro que nós não temos como saber, mas vamos supor - supor, gente, supor! - que o plano A custe R$20 e o plano B custe R$30. Para cada uma das modalidades há cerca de 100 assinantes.

Fazendo o cálculo básico (100.20 + 100.30) obteremos um total de R$5.000, referente a Receita Recorrente Mensal da empresa!

Qual é a importância da MRR?

Nós dissemos que é uma métrica útil e explicamos como calculá-la. Mas, afinal, qual é a diferença que a MRR pode fazer na vida do empreendedor?

Podemos dizer com segurança que a característica mais benéfica da MRR é poder demonstrar de maneira prévia e precisa quais serão os lucros de uma empresa em determinado mês. Sendo assim, é possível que os empreendedores definam certas estratégias sem que o recurso financeiro esteja de fato em mãos.

Caso a companhia SaaS decida inovar na plataforma ou no próprio software - sabendo quais serão os gastos com essa operação - é possível definir uma melhor estratégia de realização a partir do lucro que virá.

Se os donos da NETFLIX, por exemplo, sabem que a empresa fatura R$5.000 por mês, podem muito bem tomar decisões baseadas nesse limite de saldo precalculado! Sem dúvidas, saber o valor de MRR é ajuda e tanto no que diz respeito ao planejamento estratégico da companhia.

Quais são os riscos da MRR?

O maior risco que uma SaaS pode cometer em calcular e confiar cegamente na MRR, é a inadimplência por parte dos próprios clientes.

Quando o serviço é contratado pela primeira vez, ambas as partes podem concordar com o meio de pagamento através do débito automático. Até aí, tudo bem! Do contrário, caso o cliente precise realizar o pagamento mês a mês a partir de operações bancárias, podem acontecer atrasos consequentes inadimplências.

Dessa forma, o cálculo de MRR vai apontar quanto a empresa deverá faturar no mês, mas não significa que isso realmente irá acontecer. O cálculo não fornece garantia alguma de que os clientes pagarão pelo serviço na data correta, entende?

É preciso que o empreender se atente a esse risco e tome as devidas providências para que a inadimplência não aconteça. 

Termo do dia

Mediana

O que é Mediana? A mediana é uma espécie de recurso utilizado na contabilidade de dados estatísticos, caracterizado pelo número central em um rol. Ou seja, a…