Open Nav Logo Mais Retorno

Margem Bruta

Margem Bruta
5 (100%) 2 votos

O que é Margem Bruta?

A Margem Bruta é uma métrica utilizada para conseguir determinar qual é a porcentagem que uma empresa possui de Lucro Bruto contra o seu total de vendas ou Receita Bruta.

A partir desse número, é possível avaliar se o negócio da firma consegue gerar bons lucros.

Por se tratar de Lucro Bruto, ou seja, o lucro antes dos impostos e resultados financeiros, a empresa pode apresentar prejuízo no período, mas dependendo da sua porcentagem de lucro bruto, tal resultado (prejuízo) pode não influenciar muito na tomada de decisão.

Segue o formato do cálculo da Margem Bruta:

Margem Bruta = (Lucro Bruto/Receita Bruta) x 100

Tendo em mãos os números referentes ao Lucro Bruto e a Receita Bruta, você já pode determinar qual é a Margem Bruta da empresa.

Como funciona a Margem Bruta

A Margem Bruta é derivada do Lucro Bruto, que nada mais é do que o resultado de toda apuração do resultado de uma empresa, sem levar em consideração resultados financeiros e nem os impostos sobre o lucro (Imposto de Renda e Contribuição Social).

No DRE (Demonstração do Resultado do Exercício) o Lucro Bruto é o resultado da receita bruta menos as deduções, menos os custos e despesas da firma. Ao realizar esse cálculo você terá em mãos, o Lucro Bruto.

Caso você esteja procurando a percentagem referente ao resultado final da empresa, então é preciso fazer o cálculo da Margem Líquida.

Para que serve a Margem Bruta?

Como já foi apontado, a Margem Bruta é uma métrica utilizada por empresários e investidores na hora de estudar os resultados de uma empresa.

Por exemplo: vamos supor que uma empresa venha apresentando prejuízos constantemente. Porém, os prejuízos ao menos vêm reduzindo ano após ano.

Ao olhar simplesmente o resultado final da empresa, ou seja, o seu lucro líquido, muitos investidores e até o empresário poderiam ficar assustados e desistir do negócio.

Mas é por isso que devemos analisar a Margem Bruta também! Como a Margem Bruta é derivada do Lucro Bruto, é importante ver o Lucro Bruto além do Líquido.

Então, ao analisar esse número, a pessoa percebe que a empresa tem uma margem muito boa, acima dos 20%, sendo que no histórico de Lucro Bruto, a margem vem aumentando ano após ano.

O problema da firma estaria relacionado aos juros de seus empréstimos, por exemplo, devido à aquisição de uma linha de crédito no início do negócio, sendo que a mesma viria pagando algumas parcelas do empréstimo. Ou seja, quando acabarem as parcelas do empréstimo, elas deixariam de influenciar no resultado final da empresa.

Esse é apenas um exemplo, mas serve para demonstrar como a análise da Margem Bruta pode ser importante.

Muitas empresas trabalham com dinheiro de terceiros (empréstimos e financiamentos) e quando ficamos atentos somente ao resultado final (lucro líquido) perdemos uma análise importante: Será que a operação da firma não dá resultado?

Algumas vezes, esse valor de terceiros pode demorar um bom tempo para ser pago, sendo que o resultado operacional da empresa pode ser excepcional.

Ao analisar os números descartando os juros referentes à linhas de crédito, então o futuro lucro líquido pode ser muito bom.

Devido a essa “inconsistência”, aqueles que conseguem a identificar podem realizar um investimento muito bom, a um preço consideravelmente melhor em comparação com empresas que já apresentam lucro líquido.

Porque analisar a Margem Bruta?

Os motivos para analisar a Margem Bruta já foram expostos no tópico anterior. Basicamente, devemos considerar cada número referente ao DRE da empresa.

A margem Bruta é derivada do Lucro Bruto e pode dizer bastante sobre a operação da empresa. Claro que uma empresa não possui só sua operação, mas existe ainda o dinheiro que circula nela.

Esse capital, quando no início do negócio, pode ser oriundo de terceiros.

Essa captação geralmente vem com juros embutidos, coisa que pode influenciar negativamente no resultado final da empresa.

Eventualmente o peso dos empréstimos e financiamentos podem ser substanciais e consequentemente o resultado pode ser negativo quando na verdade, deveria ser positivo.

Ao analisar a Margem Bruta, você pode identificar essas distorções.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Margem Bruta
5 (100%) 2 votos